Header Ads

Lives de Gusttavo Lima foram retiradas do YouTube pela produção do sertanejo

Sertanejo respondeu no Twitter aos comentários ofensivos (Foto: Reprodução/Facebook)
As duas lives produzidas pelo cantor Gusttavo Lima para ajudar instituições filantrópicas, atingidas pelo isolamento social para evitar proliferação do coronavírus, foram retiradas pela própria produção do sertanejo. A informação foi confirmada ao Puxa o Fole pela assessoria do artista nesta sexta-feira (17). As transmissões foram alvo de ação do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) em abril deste ano.

O órgão recebeu denúncias de internautas sobre a falta de mecanismo de restrição de acesso ao conteúdo das lives a menores de idade e a repetida apresentação de ingestão de cerveja, em potencial estímulo ao consumo irresponsável do produto.

“Os vídeos foram retirados do canal pela equipe do cantor e devem ficar fora do ar, por enquanto”, informou a assessoria do sertanejo.

Sobre a demanda do Conar, a assessoria do cantor Gusttavo Lima informou, em nota, que o departamento jurídico do sertanejo já está acompanhando o caso, tratando-se, portanto, de uma citação de processo administrativo (representação ética – confidencial) em trâmite perante Conar e não se trata de processo judicial. “A citação é para prestar esclarecimentos sobre as lives realizadas pelo artista. Sendo assim, os esclarecimentos necessários serão prestados conforme determinado na referida citação. Em razão da confidencialidade, citada na intimação do Conar, o escritório Balada Eventos não comentará o caso e manifestará perante o órgão no prazo legal.

Diário do Nordeste

Tecnologia do Blogger.