Header Ads

Maior chuva do ano provoca alagamentos em vias e residências de Fortaleza


Fortaleza registrou a maior chuva de 2020 entre as 7h de sábado (14) e as 7h deste domingo (15), provocando o alagamento de casas, ruas e avenidas.

No período, a capital contabilizou uma precipitação de 132.3 mm, no Posto Castelão, de acordo com dados parciais da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Os dados são atualizados ao longo de todo o dia pelo órgão.

O maior acumulado do ano no Estado, de 85.4 mm, havia sido verificado no último dia 2 de março. De meia noite até por volta das 8h30 deste domingo, ainda conforme a Funceme, a capital cearense teve chuvas de 54,2 mm.

Na Avenida Alberto Craveiro, no Bairro Castelão, um carro ficou parcialmente submerso, devido à grande quantidade de água acumulada.

O motorista tentou atravessar a via, mas ficou preso e foi obrigado a deixar o automóvel, que será removido do local quando o nível da água baixar, informou a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

Devido aos transtornos provocados pelas chuvas, a AMC realizou um bloqueio no viaduto do Aeroporto de Fortaleza e o trânsito na Avenida Alberto Craveiro, no sentido Castelão - Aldeota, foi interrompido.

Com a intervenção, "os veículos que vêm do aeroporto em direção à Aldeota estão acessando a Alberto Craveiro. No Castelão, à esquerda, (o motorista) pega a Paulino Rocha, passa por cima da BR, pega a BR-116 e, em seguida, a Raul Barbosa", orienta o agente de trânsito da AMC, José Ivanilton Júnior.

No Dom Lustosa, a chuva provocou uma enchente no canal do bairro, resultando no alagamento de ruas próximas e o escoamento da água para dentro de residências. No Barroso e no Presidente Tancredo Neves, moradores também foram surpreendidos pela chuva, que invadiu as suas casas.
No bairro Dias Macedo, vias ficaram alagadas, obrigando moradores a entrarem em contato com a água suja a cada vez que necessitavam fazer algum deslocamento na rua.

Ambulância parada
Na manhã deste domingo, a AMC contabilizou, pelo menos, cinco pontos de alagamento em Fortaleza. Um destes, fica na Avenida Raul Barbosa, no Bairro Aerolândia.

Uma ambulância trafegava pela via transportando um paciente, com destino ao Hospital Geral de Fortaleza (HGF), quando acabou caindo em um ponto de alagamento.

Os próprios moradores da região ajudaram a retirar a ambulância do local, mas o veículo continuou parado, pois apresentou problemas mecânicos.

O motorista entrou em contato com o hospital para solicitar ajuda, mas não informou sobre o estado de saúde do paciente.
Com o alto nível de água nas ruas da Aerolândia, residências ficaram alagadas. Um grupo de moradores chegou a utilizar um colchão inflável para sair de casa.

Precipitações no Ceará
Entre as 7 horas deste sábado e as 7 horas deste domingo, choveu em, pelo menos, 101 municípios em todo o Estado. Fortaleza foi a cidade a registrar a maior precipitação (132.3 mm), seguida por Aquiraz (92.0 mm), Acopiara (78.0 mm) e Assaré (75.0 mm).

De acordo com a Funceme, os maiores acumulados de chuva deste domingo deverão se concentrar na região sul, entre o Cariri e Sertão dos Inhamuns, principalmente nos períodos da noite, seguindo pela madrugada de segunda-feira (16).

O mesmo cenário deve ser observado no noroeste, entre Ibiapaba e Litoral Norte, porém, com registros ocorrendo já no período da tarde.

Para o início da semana, a previsão continua a mesma, mas há tendência de redução dos acumulados em Fortaleza e Região Metropolitana em relação ao que vem sendo observado entre sábado e domingo, com chuvas ao longo dia.

Nesta segunda-feira, o período entre madrugada e manhã poderá ser o principal com precipitações na área indicada.

Previsão do tempo
A previsão para Fortaleza e Região Metropolitana neste domingo, segundo a Funceme, é de tempo nublado com eventos de chuva pela manhã e de nebulosidade variável com chuva isolada, à tarde e à noite.

Para o Ceará, a previsão é de tempo nublado a encoberto com pancadas de chuva e trovoadas isoladas.
G1 Ceará 

Tecnologia do Blogger.