Header Ads

Proprietário de empresa de internet é preso com 1 km de fibra ótica de origem ilegal


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu nesta terça-feira, 4, o proprietário da empresa IF Tecnologia por receptação qualificada de 875 metros de cabo de fibra ótica furtados da empresa de telecomunicações Oi. O material foi apreendido no depósito da IF Tecnologia, situado em um imóvel próximo à sede da empresa, que é localizada no bairro Ellery. A pena máxima do crime é de oito anos.

O preso foi identificado como José Iraldo de Aguiar Filho, 24, dono da empresa provedora de internet que prestava serviços para alguns bairros da região. Ele alega que comprou os cabos de uma pessoa que passava em frente à sede da IF Tecnologia com uma espécie de carrinho de reciclagem. A PCCE descartou essa hipótese.

Segundo a Polícia, essa apreensão representa apenas uma pequena amostragem do que a empresa já utilizava nas suas instalações. Sobre a origem dos cabos, a investigação trabalha com as possibilidades de roubo de carga, de apropriação indevida ocorrida dentro da própria empresa Oi e de furto praticado durante o transporte do material.

De acordo com o delegado responsável do caso, Renê Andrade, a PCCE conseguiu identificar o suspeito por meio de informações que chegaram ao 1º Distrito Policial (DP) e ao setor de inteligência da Oi. Andrade afirma que os cabos já foram restituídos à empresa. A Oi sempre timbra os fios oficiais e não os fornece para terceiros.
O povo online


Tecnologia do Blogger.