Header Ads

SAAE emite nota sobre a qualidade da água de Taperuaba.

Foto: João Neto Mesquita

Para tornar-se apropriada ao consumo humano, a água é submetida a um rigoroso tratamento, de acordo com as normas de controle e vigilância da qualidade, estabelecidas na Portaria nº 2.914/11 do Ministério da Saúde. Este processo é realizado em Sobral pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) Sumaré, Dom Expedito e Macapá (Taperuaba), através das etapas de coagulação, floculação, decantação, filtração e desinfecção com cloro.

Nesse período de chuvas, as enxurradas mais fortes provocam aumento da turbidez da água, o que pode obrigar o SAAE a reduzir a oferta de água na cidade, visando garantir a qualidade da água distribuída. A turbidez ocorre quando a água tem sua transparência reduzida, devido à presença de sólidos em suspensão (no nosso caso, estes sólidos são predominantemente lama).

Essa água chega às Estações de Tratamento com valores de cor e turbidez muito elevados, o que dificulta a remoção de impurezas. O problema é agravado por conta do desmatamento das matas ciliares dos mananciais que abastecem a cidade de Sobral.
O SAAE trabalha para garantir água para todos os moradores de Sobral com regularidade, qualidade e segurança.

Para reclamações, solicitações, sugestões ou esclarecimentos, a população pode entrar em contato com o SAAE pelos canais de atendimento: 0800.283.0195 - (88) 3677-9130 - www.saaesobral.com.br.
Tecnologia do Blogger.