Header Ads

JN STUDIO

Símbolo de defesa das mulheres, Maria da Penha carregará tocha olímpica em Fortaleza

Em meio a uma série de protestos contra a violência contra as mulheres nas últimas semanas, Maria da Penha será um dos condutores da tocha olímpica, na passagem por Fortaleza, nesta terça-feira (7). A cearense, que ficou paraplégica por agressões do ex-marido, deu nome à lei brasileira que protege mulheres da violência doméstica.
“Estou muito feliz por este momento que dará visibilidade a nossa luta. Precisamos de uma forte conscientização da sociedade e empenho dos gestores públicos contra a violência doméstica”, pregou a farmacêutica de 70 anos, líder de movimentos em defesa dos direitos das mulheres. 
O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016encerra a passagem pelo Ceará com o passeio em Fortaleza, previsto para iniciar às 12h30, no estádio Castelão. Após três percursos pela cidade, num total de 35 km, haverá show gratuito de Thiaguinho e Aviões do Forró, no aterro da Praia de Iracema, a partir de 20h15.
Neste domingo (5), além de Maria da Penha foram apresentados outros condutores que carregarão a tocha em Fortaleza. Entre eles estão Alberto Bial, técnico do Basquete Cearense; Ronaldo Lima, coordenador de ONG esportiva; e Erick Vasconcelos, triatleta que já foi diagnosticado com obesidade mórbida.
Ao todo serão cerca de 170 condutores da tocha em Fortaleza, mas seus nomes não foram divulgados previamente. “Estamos prontos para oferecer um grande evento que a população merece”, comentou Patrícia Macedo, coordenadora da Força Tarefa de Fortaleza.
A tocha circulará pelo Brasil por 95 dias, desde 3 de maio, em Brasília, até a chegada ao Rio de Janeiro, em 4 de agosto. No dia seguinte, as ruas da cidade serão palco do revezamento até o Maracanã, quando o último condutor acenderá a pira olímpica na Cerimônia de Abertura das Olimpíadas.

Fonte: Tribuna do Ceará
Tecnologia do Blogger.