Header Ads

Fortaleza é uma das sete capitais que devem ter um candidato da PM nas eleições 2020


Com a pressão por reajustes salariais acontecendo em pelo menos 14 estados, policiais militares se articulam, em ao menos sete capitais, para a candidatura de representantes da corporação para prefeituras em 2020.Na análise feita pelo jornal O Globo, Fortaleza aparece na lista após o motim dos policiais militares, que durou 13 dias.
Em 2018, houve aumento de 300% da participação de policiais no Legislativo tanto federal quando estadual. Este ano, entretanto, o aumento pode avançar para instâncias municipais. O deputado federal capitão Wagner (PROS) deve ser um dos principais candidatos a prefeito de Fortaleza em 2020. Ele já esteve perto da eleição em 2016 quando avançou para o segundo turno e perdeu com 46% dos votos válidos para Roberto Cláudio (PDT).
Além da Capital, também no Nordeste, João Pessoa, na Paraíba, deve contar com o cabo Gilberto Silva (PSL), aliado da família Bolsonaro. Já em Maceió, em Alagoas, cabo Bebeto (PSL), atualmente como deputado estadual, expressou o interesse na candidatura, mas deve ainda enfrentar questões internas do partido.
Em Salvador, na Bahia, o cenário aponta duas forças da corporação: o pastor Sargento Isidório (Avante) que ficou em terceiro nas eleições de 2016 e se elegeu como o deputado federal mais votado na Bahia em 2018; e a major Denice Santiago, com força no governo do Estado, de Rui Costa (PT), deve ainda se filiar para concorrer.
Outras regiões
Já em outras regiões, Goiânia, por exemplo, a disputa já está encaminhada. O major Junio Alves Araújo (PSL), já eleito como vice-prefeito, volta ao palanque dessa vez como candidato à prefeitura. No Espírito Santo, em Vitória, após ao motim de policiais militares, em 2017, o líder do movimento, capitão Assunção (PSL), atualmente deputado estadual, deve ser uma das apostas.
Florianópolis, em Santa Catarina, fecha a lista preliminar. No município, o Coronel Araújo Gomes pode estar à frente da articulação do governador, Carlos Moisés (PSL), e do Partido Social Liberal (PSL), mas ele ainda não decidiu oficialmente se deve concorrer.


O POVO

Tecnologia do Blogger.