Header Ads

Parte de condomínio desaba em Sobral, no Ceará, após chuva com ventos de 59 km/h


Parte de um conjunto residencial desabou no Bairro Junco, em Sobral, Região Norte do Ceará, neste domingo (26), após as chuvas, que iniciaram por volta de 12h30. O município teve ventos de 59,4 km/h, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Em Fortaleza, a chuva também causou estragos. O Aeroporto de Fortaleza teve parte do teto arrancado por conta da grande ventania, que chegou a 47 km/h, de acordo com a Funceme.

No momento em que o parte do prédio de Sobral ruiu não havia moradores no condomínio. Uma das proprietárias do imóvel relatou que o espaço já havia sido esvaziado pela Defesa Civil em julho do ano passado.

O imóvel Abdo Parente, localizado na Rua Vereador Nilo Donizete Coelho com Avenida Noeme Dias Ibiapina, possuía 10 apartamentos, sendo cinco na parte superior. O local desabado afetou dois dos domicílios.

“Tava todo rachado. Meu lado já caiu. Quem ficar dentro de casa vai saber que isso aí vai cair”, comentou a dona de casa Maria Iolanda, vizinha do conjunto residencial.          

Eu morro de medo. Vai que um bicho desse cai igual aquele prédio de Fortaleza”, acrescentou Gilda Oliveira, outra moradora do bairro, referindo-se ao Edifício Andrea, que desabou em outubro de 2019, deixando nove pessoas mortas sete pessoas resgatadas com vida.

Apesar de não haver residentes, alguns móveis foram deixados nos apartamentos, segundo uma das proprietárias, Sheila Maria Parente.

O Corpo de Bombeiros foi acionado.
G1 Ceará 


Tecnologia do Blogger.