Header Ads

Ministro Sergio Moro prorroga permanência de agentes da Força Nacional no Ceará


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, prorrogou por mais 180 dias a permanência de agentes da Força Nacional no Ceará. O grupo integra uma força-tarefa juntamente com a Polícia Federal para investigar facções e o crime organizado. Não haverá reforço de tropas realizando segurança ostensiva nas ruas.

A força-tarefa resultou nas operações Dínamo, Torre e Reino de Aragão, deflagradas em 2019, segundo a PF.

A prorrogação do prazo foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (23). Conforme a publicação, os agentes vão atuar "em apoio à Polícia Federal nas ações de polícia judiciária", em "caráter episódico e planejado".

O ministro Sergio Moro já havia autorizado o envio da Força Nacional ao Ceará quando facções criminosas realizaram ataques coordenados no estado.

Em janeiro de 2019, criminosos de facções rivais se uniram e realizaram ataques a prédios públicos e veículos como represália a ações do estado de tornar mais rígido o controle dos presídios. Na época, centenas de agentes da Força Nacional agiram nas ruas de Fortaleza.
G1 Ceará

Tecnologia do Blogger.