Header Ads

Clube do Ceará acerta com Bruno e aguarda decisão judicial


O Barbalha Futebol Clube está prestes a anunciar a contratação do goleiro Bruno Fernandes, ex-Flamengo, que cumpre pena em regime semiaberto por homicídio e sequestro de Eliza Samúdio, em 2010.

Segundo o Diário do Nordeste, ele deverá assinar contrato até o fim da próxima temporada.
"O acordo depende de um aval do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ/MG), que precisa liberar a transferência do jogador da comarca mineira de Varginha até o município de Barbalha, no Estado do Ceará, distante 2.189 km. A medida ocorre porque Bruno não tem autorização judicial para deixar a cidade", explicou o jornal.

O goleiro cumpriu nove dos 20 anos de prisão que foi condenado. Ele teria propostas de outros times, incluindo o Madureira, do Rio de Janeiro. 

Campeão do 1º turno do Estadual de 2019, o Barbalha jogará a Copa do Brasil e a elite cearense.
"Nós estamos pensando no clube dentro de campo. Se fosse seu filho, você daria uma segunda chance para ele? A gente vive em um País que tem ressocialização. Aqui não tem prisão perpétua nem nada disso. No meu ponto de vista, o que ele fez é inaceitável, mas está pagando por tudo e já passou nove anos preso", declarou Lúcio Barão, presidente do time cearense, ao jornal.

Este deverá ser o terceiro clube de Bruno desde que passou a cumprir pena. Ele jogou cinco vezes pelo Boa Esporte, no Módulo 2 do Campeonato Mineiro, e atuou 45 minutos pelo Poços de Caldas-MG.


Tecnologia do Blogger.