Header Ads

STF articula afastamento de Deltan da Lava Jato

(Foto – Agência Brasil)


 Os ministros do Supremo Tribunal Federal já articulam o afastamento do procurador da República Deltan Dallagnol da coordenação-geral da Operação Lava Jato, em Curitiba. A medida seria consequência do pedido feito pelo STF junto à Polícia Federal de todas as mensagens hackeadas de autoridades. Nelas, há conversas entre o ministro Sergio Moro, então juiz da operação, e Dallagnol.

Segundo informações da Folha de S.Paulo desta sexta-feira, os ministros buscam os caminhos para que isso ocorra. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, tem sido pressionada a determinar essa medida a partir de Brasília. Nesta quinta-feira (1º), ela chamou uma reunião de emergência para discutir o assunto.

Ainda de acordo com o jornal, Raquel Dogde não estaria disposta a se indispor com os colegas de Ministério Público Federal. Com isso, o destino de Deltan na Lava Jato teria de ser decidido pelo Supremo Tribunal Federal., no que o ministro Alexandre de
Moraes, relator do inquérito das fake news, poderia tomar a decisão.

Nessa noite de quinta-feira, Alexandre Moraes determinou que as mensagens apreendidas pela PF com os suspeitos de terem hackeado celulares de autoridades, como o ministro da Justiça, Sergio Moro, sejam encaminhadas ao STF no prazo de 48 horas.

Eliomar de Lima
Tecnologia do Blogger.