Header Ads

Equipe do Iphan acompanhados dos profissionais da AMA trabalham no mapeamento e estudo dos sítios arqueológicos dentro da unidade de conservação municipal REVIS Pedra da Andorinha


No final do ano passado a equipe técnica da Prefeitura Municipal de Sobral por meio da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA), descobriu um conjunto de sítios arqueológicos dentro da unidade de conservação municipal REVIS Pedra da Andorinha no distrito de Taperuaba.
A descoberta é mais uma peça do quebra cabeça que ajuda a conhecer nossa história, contada aqui pelas marcas deixadas nas rochas por nossos antepassados mais remotos.

Nesta terça-feira (16-08), a equipe técnica do Iphan composta por um time de arqueólogos, acompanhados dos profissionais da AMA esteve no local trabalhando no mapeamento e estudo da área.

O sítio foi nomeado como Sítio Andorinhas.

Segundo Bruno Ary, diretor de Parques Jardins e Unidades de Conservação na AMA: "a descoberta do sitio dentro da REVIS representa mais um achado de grande importância para a zona arqueológica de Taperuaba, e é mais um ponto que ressalta a importância das unidades de conservação, não só para a biodiversidade, como também na proteção do patrimônio histórico e artístico do município, com grande importância cientifica e também potencial turístico a ser explorado dentro de parâmetros restritivos, priorizando o cuidado com o ambiente e com os painéis.

O sitio é composto principalmente por um abrigo rochoso em forma de concha, com pinturas nas paredes interna, e também em paredões rochosos no entorno, em meio a Caatinga preservada."





Tecnologia do Blogger.