Header Ads

Bolsonaro visita Goiás e almoça com Amado Batista na fazenda do cantor

Bolsonaro visita Goiás e almoça com Ronaldo Caiado e Amado Batista na fazenda do cantor — Foto: Reprodução/Facebook

Antes de se encontrar com o artista, presidente brincou sobre o programa: 'Não é para qualquer um'. Agenda do presidente nesta sexta-feira também conta com presença na comemoração dos 161 anos da Polícia Militar.

O presidente Jair Bolsonaro almoçou, nesta sexta-feira (26), com o cantor Amado Batista, no Sítio Esperança, em Goianápolis. Este foi o primeiro compromisso da agenda dele em Goiás.
“Referência de artista brasileiro, estamos na chácara dele, a campanha praticamente começou aqui, há 10 anos atrás. Cara humilde e adorado em todo Brasil. Muita honra e satisfação estar com ele aqui em Goiás”, disse Bolsonaro.

A fala do presidente foi feita durante um vídeo publicado em uma rede social, no qual Bolsonaro estava na fazenda do cantor, junto com Amado Batista e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM). Na gravação, o artista canta um dos seus sucessos: "O Pobretão". Amado termina a canção, e o presidente pede que ele cante mais, o que é prontamente atendido.

Bolsonaro também falou sobre o decreto sobre a posse e o porte de armas e a valorização dos militares. Inclusive, nesta noite, o presidente participa da comemoração dos 161 anos da Polícia Militar de Goiás. Durante o evento, também ocorrerá a formatura da 45ª Turma de Aspirantes, a qual um dos sobrinhos dele integra.

"Entendemos que os integrantes das Força Armadas, uma vez cumprida a missão, o pessoal tem de ser condecorado e não processado. É o jeito de dar um basta na violência no Brasil, continuo lutando para que o decreto das armas continue valendo", disse o presidente.

A visita durou cerca de duas horas, pois Bolsonaro deixou a fazenda às 13h45. Antes do almoço, o presidente falou sobre o encontro com o cantor no Palácio da Alvorada, em Brasília, ao conversar com pessoas que o aguardavam. "Almoçar com Amando Batista não é para qualquer um não", brincou.

Ao longo da manhã, dezenas de carros passaram pela estrada que dá acesso à fazenda. Todos foram vistoriados pelos policiais que integravam o forte esquema de segurança montado.
Equipes dos Bombeiros, Samu, Polícia Rodoviária Federal, Exército e Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar ficaram de prontidão em diferentes pontos da estrada.

Após sair da casa de Amado Batista, Bolsonaro foi de helicóptero direto para o Comando de Operações Especiais do Exército, em Goiânia, onde, segundo a assessoria do presidente, permanecerá durante toda a tarde.

G1


Tecnologia do Blogger.