Header Ads

Bolsonaro diz que exagerou sobre atos do dia 15 de maio: “inocentes, não idiotas”


O presidente Jair Bolsonaro voltou a comentar protestos ocorridos, em 15 de maio, contra as políticas educacionais de seu mandato. Em entrevista para o programa Domingo Espetacular, da TV Record, Bolsonaro se retratou por ter chamado os manifestantes de “idiotas úteis” na ocasião, mas disse que seria mais correto classificá-los como “inocentes úteis” e que a maioria deles eram jovens que “não sabiam o que estavam fazendo” e participaram de um “protesto político “por influência de professores inescrupulosos”.

Bolsonaro voltou a dizer, nessa noite de domingo, que não houve corte na Educação, mas sim contingenciamentos.

“Eu exagerei, concordo que exagerei (ao chamar manifestantes de ‘idiotas úteis’). O que diz o certo é que são ‘inocentes úteis’. A grande maioria são garotos, são inocentes e nem sabiam o que estavam fazendo lá. Na teoria gramcista usa-se a inocência das pessoas para atingir o objetivo. Uma vez atingido, as primeiras vítimas são exatamente essas pessoas”, declarou Bolsonaro.

(Com Veja/Foto – Agência Brasil)

Tecnologia do Blogger.