Header Ads

Polícia instaura inquérito para apurar agressão a mulher em Santa Quitéria



Assunto que repercutiu durante toda a semana no município de Santa Quitéria, o delegado de Polícia Civil, Ivanildo Alves, concedeu entrevista a uma emissora de rádio local, narrando os detalhes sobre um caso de violência doméstica, ocorrido na madrugada do último dia 11, no bairro Botafogo.

Segundo relato feito ao site A Voz de Santa Quitéria, Sebastião Pereira Soares, inconformado com o fim do relacionamento com Aurilene Pires de Melo, invadiu a sua residência, ateou gasolina nela e na filha de 13 anos, além de ter desferido dois socos contra a mesma.

Ivanildo afirmou que um inquérito foi instaurado para apurar mais detalhes sobre o caso, que já vinha movido a ameaças desde fevereiro passado, segundo boletim de ocorrência anterior. Na tarde da terça (12), acompanhado de seu advogado, Sebastião se apresentou espontaneamente na delegacia, onde prestou depoimento.

Ele justificou que a gasolina deixada no local seria para colocar em uma moto e não para atear fogo na ex-companheira, tendo sido apreendida pelo delegado. Quanto às agressões, afirmou que havia ingerido bebida alcoólica e teria ido à casa de Aurilene apenas para “conversar”.

Como não houve flagrante ou mandado de prisão expedido, após o depoimento, Sebastião foi liberado, no entanto, as investigações continuam, devendo ser enquadrado na Lei Maria da Penha, assim como foram instituídas medidas protetivas para mãe e filha. Quando concluído, o inquérito será encaminhado para o Poder Judiciário.


Fonte: A Voz de Santa Quitéria

Tecnologia do Blogger.