Header Ads

Governo do Estado emite Nota com esclarecimentos importantes sobre a atual situação da crise na segurança pública


O Estado do Ceará vive um momento importante na história da segurança pública e administração penitenciária. Por determinação do governador Camilo Santana, estão sendo tomadas medidas duras e necessárias de combate ao crime organizado, fora e dentro de unidades prisionais.

Esse tem sido justamente o motivo desses atos criminosos: fazer com que o Estado recue dessas medidas fortes, o que não há nenhuma possibilidade de acontecer, como destacou o governador em seu pronunciamento neste sábado (5/1). Mas, ao contrário, endurecerá cada vez mais contra o crime. “Tenho absoluta confiança nos mais de 29 mil profissionais cearenses que formam as forças de segurança do nosso estado, que têm se doado noite e dia para combater o crime”, ressaltou Camilo.

É importante que todos nós esclareçamos a população que, muitas vezes, toma conhecimento de fatos por fake news, que prestam um desserviço ao estado e ao povo.

Desde que essas ações criminosas começaram a acontecer, o governador Camilo Santana tem se reunido com toda a cúpula da segurança pública e tomado as medidas, duras e necessárias, bem como desde as primeiras horas dos ataques, tem conversado de forma permanente com o ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, e com o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo.

Os resultados, até o momento (domingo – 6/1):
- 110 pessoas já foram capturadas por envolvimento nas ações criminosas no Ceará. No total, até agora, foram 76 presos e 34 adolescentes apreendidos.

- Na madrugada deste domingo (6), dois suspeitos morreram, após trocarem tiros com a Polícia Militar, no bairro Granja Portugal. O fato aconteceu após os suspeitos tentarem atear fogo em um posto de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Foram apreendidos coletes balísticos, um revólver calibre 38, munições deflagradas, coquetéis molotovs, galões de combustíveis, e um veículo.

- Um policial foi lesionado na mão, mas não corre risco de morte.

- Entre as autuações, está ainda a de um suspeito, preso em flagrante, pela venda irregular de combustíveis a grupos criminosos.

- Um caminhão-tanque foi apreendido e o homem foi encaminhado para a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). De acordo com as apurações, o suspeito vendia cada galão de gasolina a R$ 70.

Profissionais que estão nas ruas do Ceará para fazer a segurança:
- 29 mil profissionais de segurança, entre policiais militares, civis, bombeiros, peritos e agentes penitenciários;
- 300 homens da Força Nacional;
- 100 policiais militares do Estado da Bahia.

Já sobre as ações de combate ao crime organizado, é importante destacar que:

- Foi criada uma secretaria especialmente para a atuação rigorosa em todos os presídios, agindo com firmeza, dentro da lei e mostrando que o comando é do Estado.
Reforço no sistema de segurança com a contratação de quase dez mil profissionais nos últimos quatro anos e a convocação de outros 600 para atuarem de imediato. O governador anunciou ainda que convocará mais profissionais nos próximos meses.

- Aquisição de novos e modernos equipamentos, mais de 2.100 viaturas, investimento em tecnologia e inteligência, construção de novos presídios, inclusive, de segurança máxima.

- Articulação do governador trouxe para o Ceará o primeiro Centro Integrado de Inteligência do País, que já está em funcionamento.


- Com planejamento e estratégia, o Ceará passa a imprimir maior rigor nas ações de combate ao crime organizado, que deve ser feito de forma cooperada entre estados e Governo Federal. Como tem defendido o governador Camilo Santana, é papel de todos proteger a população, deixando de lado interesses pessoais ou partidários. Todas as forças devem se unir: Governos, Poder Legislativo, Justiça, Ministério Público, OAB e toda a sociedade civil.
Tecnologia do Blogger.