Header Ads

Chega a 14 o número de mortos em Milagres



Subiu para 14 o número de pessoas mortas durante a tentativa de assalto a duas agências bancárias na cidade de Milagres, na Região do Cariri, na madrugada desta sexta-feira (7).
Das 14 vítimas, seis eram reféns e 8 suspeitos na participação na tentativa de ataque aos bancos. Cinco pessoas que morreram era da mesma família e tinham ido até o Aeroporto de Juazeiro do Norte, buscar parentes que ia passar as festas de final de ano junto em Serra Talhada, em Pernambuco.

As vítimas foram identificadas por Vinícius de Souza Magalhães (14), natural de São Paulo (SP), e João Batista Campos Magalhães (49), natural de Serra Talhada (PE) – pai e filho; Gustavo Tenório dos Santos (13), natural Jabaquara (SP), Claudineide Campos de Souza Santos (41), natural de São José do Belomonte (PE), Cícero Tenório dos Santos (60), natural de Maceió (AL) – filho, mãe e pai; e Francisca Edneide da Cruz Santos (49), natural de Brejo Santo (CE).

Três suspeitos de participarem da ação criminosa foram capturados pela polícia.
Em cerimônia realizada ontem, (7), no Palácio da Abolição, o secretário de Segurança, André Costa, disse que as mortes em Milagres, no Cariri, serão investigadas de maneira imparcial.
Já o governador Camilo Santana disse que a Inteligência impediu que os bancos fossem atacados pelo grupo na ação criminosa. Ele falou ainda que a antecipação ao crime mostra a importância do serviço de Inteligência para combater crimes.

Governo de Pernambuco pediu rapidez na perícia, já que entre as vítimas deste massacre ocorrido em Milagres tem uma família pernambucana.

Fonte: CNews
Tecnologia do Blogger.