Header Ads

“É possível governar o Brasil com decência, dignidade, honestidade e competência”, diz Tasso

O senador Tasso Jereissati discursou na convenção que homologou a candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência da República

O PSDB oficializou, neste sábado (4), a candidatura de Geraldo Alckmin para a Presidência da República. O senador Tasso Jereissati discursou na convenção, que homologou também a candidata a vice-presidente Ana Amélia (PP). “Com essa chapa, vamos provar que é possível governar o Brasil com decência, dignidade, honestidade e competência. Não somos iguais aos outros partidos que estão aí“, declarou o senador.
Tasso ressaltou a gestão do tucano como governador de São Paulo e indagou aos presentes: “quem foi governador de São Paulo por quatro anos e deixou São Paulo com situação invejável no país?”.
Exaltou ainda o trabalho de Alckmin como o candidato capaz de colocar o país de volta ao rumo dos valores morais. “Não posso dizer que exista outro candidato que tenha governado um estado com tanta competência. Alguns governaram por três anos no máximo, outros foram até prefeitos, e nunca conseguiram sequer acabar suas administrações em lugar nenhum”. 


Essa é a segunda vez que Alckmin disputa a Presidência, tendo se candidatado em 2006 e passado ao segundo turno, quando o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva se reelegeu.
A candidatura do atual presidente do PSDB é vista pelos tucanos como uma importante frente para ganhar as eleições. “Na temporada de governos do PT nunca houve tanta corrupção, arrasou o país e acabou o amor próprio. Essa chapa [Geraldo Alckmin e Ana Amélia] vai devolver ao país o orgulho de ser brasileiro”, garantiu.
Alckmin é médico e tem 65 anos. Ele foi aprovado como candidato por 288 votos a favor, um contra e uma abstenção. O resultado foi anunciado pelo vice-presidente do PSDB, Marconi Perillo.

Fonte: Tribuna do Ceará
Tecnologia do Blogger.