Header Ads

Adolescente recebeu duas descargas elétricas pelo celular



O adolescente tinha colocado o aparelho de celular para carregar em um computador da escola

A Perícia Forense do Estado do Ceará concluiu o laudo de perícia externa referente a morte de um adolescente que recebeu uma descarga elétrica após colocar o aparelho celular para carregar em um computador enquanto assistia aula, em uma escola, no município de Tianguá, na Serra da Ibiapaba. O laudo aponta que a vítima recebeu duas descargas elétricas, sendo uma de maior intensidade e com duração de aproximadamente dezoito segundos.

Uma equipe da Pefoce realizou testes na sala de aula onde o incidente aconteceu, além de periciar os aparelhos eletrônicos utilizados pela vítima no momento do ocorrido.
Após os testes os peritos concluíram que:

- Após medições e inspeção visual, os peritos verificaram que o local onde aconteceu o incidente (o laboratório de informática), apresentava a instalação elétrica com alguns componentes em desacordo com o que recomenda a norma NBR 5410/04;

- Após análise minuciosa nos aparelhos eletroeletrônicos (computador e celular e seus acessórios), os peritos constataram que os mesmos estavam operando. Os peritos observaram também falha de isolamento em determinados pontos da estrutura externa do aparelho celular que continha avarias (danos), o que proporcionava a continuidade da corrente elétrica entre a referida estrutura e a referência da porta USB;

- A vítima recebeu duas descargas elétricas, sendo uma de maior intensidade e com duração de aproximadamente dezoito segundos, cujo fechamento do circuito através do seu corpo se deu por meio do celular que se encontrava em sua mão esquerda e a estrutura da bancada metálica onde a vítima estava em contato através do membro inferior esquerdo.

O caso

O caso ocorreu no último dia 6 de junho, em uma escola localizada no bairro Planalto, no município de Tianguá, na Serra da Ibiapaba. O jovem foi vítima de uma descarga elétrica, após colocar o aparelho de celular para carregar em um computador. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde, mas não resistiu e veio a óbito. O corpo do adolescente foi encaminhado para a Pefoce, em Sobral, na Região Norte do Ceará, onde foi submetido a exames e liberado logo em seguida. A Delegacia Regional de Tianguá é responsável pelas investigações. O laudo foi enviado para a unidade policial e deverá colaborar nas investigações realizadas.

Fonte: CNews 

Tecnologia do Blogger.