Header Ads

Polícia investiga RG "quente" com dados falsos achada com um dos mais procurados do Ceará


Cancão é um dos mais procurados do estado do Ceará e foi preso em Fortaleza nesta segunda-feira

A Polícia Civil investiga como foi confecionada a carteira de identidade apreendida com Antônio Mardônio Lopes Alves, conhecido como Cancão. Embora tivesse dados falsos, se procurado nos registros policiais, o documento existia como o de um cidadão comum. Aparentemente, foi feito por meios legais. O POVO Online apurou que o documento será encaminhado à Perícia Forense do Estado do Ceará e deve passar por exames. 

Na última segunda-feira, 16, Antônio Mardônio foi preso pelo Batalhão de Choque (BPChoque), no bairro Montese, nas proximidades de agência do Bradesco. Durante 10 anos, a Polícia tentou prendê-lo por envolvimento de ataques a carro-forte e a agências bancárias, grande parte com atuação na região de Inhamuns.
Em Independência, a 309 quilômetros de Fortaleza, cidade de origem dele, Cancão possuia mandado de prisão em aberto por roubo. Ele chegou a ser abordado pela Polícia em uma pedreira, mas foi liberado depois de apresentar o documento falso. Embora fosse "quente", o RG usado escondia a verdadeira identidade de Cancão.
Durante depoimento à Polícia, Mardônio disse que comprou a identidade. No entanto, ele não forneceu dados sobre o fornecedor.

Fonte: O Povo
Tecnologia do Blogger.