Header Ads

Ceará tem 26 municípios em estado de emergência por escassez de água



As chuvas registradas no primeiro quadrimestre de 2018 não foram suficientes para abastecer os reservatórios

O Ceará está com 26 municípios em estado de emergência por conta da escassez de água. Ainda há três que devem decretar a situação nos próximos dias.

Para o diretor de relações institucionais da Associação dos Municípios do Ceará, Expedito Nascimento, as chuvas registradas no primeiro quadrimestre de 2018 não foram suficientes para abastecer os reservatórios.

“Nós não temos seca, somente porque choveu ou não, temos que ver os vários aspectos. Os municípios e açudes não recarregaram, então como é que vamos atender a demanda de água?”.

Ele ainda comenta que, se houver necessidade de utilizar carros-pipas de algum local, o número irá aumentar. “Se for assim, não vamos ter somente 26 municípios, vamos ter muito mais. O Sertão Central, com certeza, vai ficar presente como um todo e alguns municípios que não recarregavam seus açudes vão fazer o decreto de emergência para serem acobertados pela lei”.

Os 26 municípios que estão em situação de emergência são Acopiara, Assaré, Bela Cruz, Cedro, Chaval, Crateús, Crato, Groaíras, Hidrolândia, Icapuí, Independência, Jaguaruana, Lavras da Mangabeira, Madalena, Nova Olinda
Ocara, Parambu, Paramoti, Reriutaba, São Gonçalo do Amarante e Umirim.

Ainda de acordo com o Expedido Nascimento, além dos 26, pelo menos outros três municípios devem decretar situação de emergência nos próximos dias, são eles: Mombaça, Irapuan Pinheiro e Piquet Carneiro.

Fonte: Tribuna do Ceará
Tecnologia do Blogger.