Header Ads

Polícia prende suspeito de matar estilista em tentativa de assalto em Fortaleza


Um adolescente também foi detido. Nayana Costa foi assassinada com tiro no rosto quando saía do trabalho na segunda-feira (14).


A polícia prendeu um suspeito de atirar e matar a estilista Nayana Costa, de 32 anos, morta na segunda-feira (14) quando saía do trabalho, no Bairro Parangaba, em Fortaleza. Um adolescente também foi detido suspeito de participação no crime. Os detalhes da ação que levaram à prisão dos suspeitos ainda não foram divulgados.
A prisões foram realizadas no Bairro Vila Manoel Sátiro por policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa e do 5º Distrito Policial.


A polícia prendeu um suspeito de atirar e matar a estilista Nayana Costa, de 32 anos, morta na segunda-feira (14) quando saía do trabalho, no Bairro Parangaba, em Fortaleza. Um adolescente também foi detido suspeito de participação no crime. Os detalhes da ação que levaram à prisão dos suspeitos ainda não foram divulgados.
A prisões foram realizadas no Bairro Vila Manoel Sátiro por policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa e do 5º Distrito Policial.
A suspeita da Polícia Civil é de que houve uma tentativa de latrocínio, quando ocorre o roubo e o assassinato da pessoa. Após atirar em Nayana, o grupo fugiu do local sem levar nenhum pertence.
Relato de testemunha
A estilista Nayana Mara Costa Araújo, de 32 anos, foi abordada ao entrar no carro dela por homens que estavam em um veículo na Rua Roquete Pinto, no Bairro Parangaba, por volta das 15h desta segunda. Nayana foi atingida por um tiro no rosto e morreu no local.


Uma testemunha afirmou que Nayana ainda tentou sair do carro após ser baleada, mas não resistiu e caiu. “Estava em um estabelecimento do lado da loja de confecção. Quando eu saí desse local que eu ouvi tiros e alguém gritou por ajuda. Aí, eu corri e vi a mão dela na porta do carro e em seguida a vi passar a mão na cabeça ensanguentada e tentei ajudá-la, mas preferi não mexer. Depois ela tentou sair do carro e caiu no chão”, disse.
Nayana Costa foi abordada por três homens que chegaram em um veículo modelo Classic cinza e tentaram levar o automóvel da vítima. A estilista entrou no carro e foi atingida por um disparo de arma de fogo.
A garota foi sepultada na terça-feira (15). Familiares e amigos presentes cobraram mais segurança no estado. "Chegamos a um nível de violência em que as pessoas ou ficam trancadas em casa ou correm risco de morrer nas ruas. Até quando vai ao trabalho você corre o risco de ser assassinado", desabafou um colega da vítima.

Fonte: G1-CE
Tecnologia do Blogger.