Header Ads

Governo Federal promete R$ 98 milhões para obra do Cinturão das Águas no Ceará


Governador Camilo Santana havia pleiteado R$ 123 milhões e obteve R$ 98 milhões.
O ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, se comprometeu nesta quarta-feira (28) a liberar R$ 98 milhões, já previstos no orçamento da União, para as obras do Cinturão das Águas, obra que deve amenizar os efeitos da seca no estado.


O montante deverá ser disponibilizado na próxima semana para dar continuidade às obras nos próximos meses.


O governador do Ceará, Camilo Santana, entregou ofício a Barbalho solicitando mais R$ 100 milhões para a intervenção, visto que o orçamento inicial era de R$ 123 milhões; com cortes, o valor foi diminuído para R$ 98 milhões.


De acordo com o Governo do Estado, Hélder Barbalho também garantiu que a última estação de bombeamento de água da Transposição do Rio São Francisco – antes de chegar ao Ceará – será concluída em março, com a previsão de que as águas cheguem em solo cearense, pelo município de Jati, no Cariri, ainda no primeiro semestre de 2018.


Benefícios
O Cinturão das Águas vai permitir a transferência de vazões excedentes da transposição do Rio São Francisco para os açudes Castanhão e Orós, incrementar a garantia do suprimento de água para irrigação, ensejando a exploração de 10.200 hectares, propiciar o uso sustentável da água subterrânea do maior aquífero do Ceará.


O Trecho I, com extensão de quase 150 quilômetros, vai beneficiar mais de um milhão de pessoas, atendendo diretamente às cidades de Jati, Brejo Santo, Porteiras, Abaiara, Missão Velha, Barbalha, Crato, Nova Olinda, Milagres, Farias Brito, Lavras da Mangabeira, Iguatu, Icó, Orós, Mauriti, Aurora, Cariús e Quixelô.
Fonte: G1-CE

Tecnologia do Blogger.