Header Ads

Agência Municipal do Meio Ambiente realiza monitoramento aéreo e fiscalização em Sobral


Sobral- O município de Sobral passou por uma vistoria inédita, nesse início de semana, realizada pela Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA), por meio de um sobrevoo de monitoramento e fiscalização ambiental. A ação contou com apoio da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), sob o comando do Tenente Coronel Nivan Girão Pinto, orientador de Célula Ciopaer, Base Norte.
Avaliação
Ao longo do trabalho foram realizadas visitas nas Unidades de Conservação (UCs), áreas verdes e alguns corpos hídricos. O monitoramento aéreo proporcionou melhor identificação sobre as áreas melhor preservadas, bem como aquelas que sofrem maior influência de roçados e queimadas. O trabalho também auxilia na compreensão sobre a importância dos corpos hídricos da região para manutenção do fluxo de espécies da avifauna, além da necessidade de criação de corredores ecológicos para manutenção da biodiversidade local.
Áreas
Os locais visitados foram a Reserva da Vida Silvestre – REVIS Pedra da Andorinha, Unidade de Conservação (UC) de Proteção Integral Municipal, localizada no distrito de Taperuaba; o Serrote do Pajé, localizado no assentamento de reforma agrária, Rajada Pajé II; a Área de Proteção Ambiental (APA) da Serra do Rosário, distrito do Jordão; a APA da Serra da Meruoca, gerenciada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio); os açudes do Cachoeiro, Javan, Mucambinho; além da região da Várzea Grande, onde se localiza um dos maiores berçários de aves silvestres da região de Sobral.
Fiscalização
De acordo com Bruno Ary, diretor de Parques e Jardins da AMA, o sobrevoo torna possível a visualização de locais com difícil acesso por terra, onde com frequência ocorre desmatamento ilegal e ocupações irregulares. “A partir dessa avaliação pode-se traçar estratégias para mais ações de fiscalização e projetos de recuperação das áreas degradadas. Também buscou-se observar os remanescentes de matas bem preservadas para garantir sua preservação, através da ampliação e possível criação de novas unidades de conservação no município”, afirmou
Fonte: Blog da Zona Norte DN
Tecnologia do Blogger.