Header Ads

JN STUDIO

Mãe de vítima baleada no Cebolinha rebate nota do estabelecimento: "Não foi um policial que atirou"

A mãe de uma das vítimas baleadas durante evento no bar Cebolinha, da Maraponga, utilizou as redes sociais neste domingo, 4, para rebater nota publicada pelo estabelecimento, acerca de suposto tiroteio que teria acontecido na madrugada, durante um show, no andar superior da propriedade. 

"Essa nota é absolutamente mentirosa. Não foi um policial armado que atirou para cima. Havia um rapaz lá que havia cumprido medida em um centro socioeducativo, que ao reconhecer meu filho que foi educador (agente socioeducativo) de lá, disparou contra ele, e meu filho reagiu e o agarrou e foram efetuados vários disparos", ressalta. De acordo com a mãe, o filho dela foi atingido por dois disparos e não morreu "por pouco". 

Ela denuncia que o local não faz revista. "Está tentando se livrar da responsabilidade. Não há revista e nem detectores de metal", disse ainda na publicação das redes sociais. 

Nem a Secretaria da Segurança Pública (SSPDS) e nem o estabelecimento divulgaram o número de feridos na ação. É possível ver, em um vídeo divulgado nas redes sociais, uma pessoa do sexo feminino sendo carregada nos braços. 

Outro caso
Não é a primeira vez que o estabelecimento se envolve em situações polêmicas. Em agosto deste ano, o proprietário do bar foi preso durante uma ação de fiscalização da Polícia. Conforme nota da Polícia Militar, na época, havia denúncia de poluição sonora e os agentes foram até o lugar. Os policiais deram voz de prisão por desacato e resistência à ação policial.
O POVO Online enviou solicitação de nota e aguarda o pronunciamento da SSPDS sobre o número de feridos e uma explicação sobre a acusação de que o estabelecimento fez ao apontar um policial como o responsável pela ação. A equipe de reportagem também entrou em contato com o estabelecimento por meio das páginas de redes sociais e do telefone que consta como o do bar. No entanto, não houve resposta até a publicação desta matéria. 

Fonte: O Povo 
Tecnologia do Blogger.