Header Ads

JN STUDIO

Taxa de homicídios contra mulheres cresce 71,5% no Ceará em 2017

34 mulheres foram mortas em Caucaia e São Gonçalo do Amarante
Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) contra mulheres cresceram 71,5% em 2017. Neste ano foram registrados entre os meses de janeiro a novembro 319 mortes. Em 2016 foram registrados 186 casos.
A Área Integrada de Segurança (AIS), que compreende Caucaia e São Gonçalo do Amarante (SGA) foi a que registrou os maiores números de CVLI, com 34 casos, seguidos da Área Integrada de Segurança (AIS) 13, que compreende os municípios de Eusébio, Aquiraz, Pindoretama, Cascavel, Horizonte, Pacajus e Chorozinho e a AIS 19, que abrange 25 municípios, entre eles Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato, ambas as AIS apresentam 26 casos cada.
Caucaia e São Gonçalo Amarante, que em 2016 apresentaram 18 mortes com vítimas do sexo feminino, entre janeiro e novembro, chegou a 34, um aumento de 88,9%.

A AIS que apresentou maior aumento em relação ao ano de 2016 foi a 2, que abrange os bairros Conjunto Ceará, Genibaú, Granja Portugal, Bom Jardim, Granja Lisboa e Siqueira. saltou de oito casos para 16.

Já a AIS 1, abrange Cais do Porto, Vicente Pinzón, Mucuripe, Aldeota, Varjota, Praia de Iracema e Meireles apresentou uma diminuição de 20% em relação a morte de mulheres, dos cinco casos de 2016 o número diminuiu para 4. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

2018

No primeiro dia do ano de 2018 foram registrados mais casos de mulheres mortas, como o de Stefhani Brito, que teria sido morta pelo ex-namorado no Mondubim, as irmãs Maria Gabriela Lima Costa, de 15 anos, e Maria Erilane Lima Costa, 16, no bairro Vila Velha, e Thays Sousa Silva, de 20 anos, em Maranguape.

JÉSSIKA SISNANDO

Fonte: O Povo 
Tecnologia do Blogger.