Header Ads

Suspeito de matar policial durante resgate em cadeia é preso com armas e farda de presídio no Ceará

 Suspeito fazia parte de quadrilha que resgatou três presos em Milhã. Sargento da PM foi morto em confronto com os criminosos.
Polícia Civil prendeu um homem suspeito de envolvimento no assassinato de um policial militar durante o resgate de três detentos da Cadeia Pública de Milhã, no interior do Ceará.


O crime ocorreu no dia 12 de dezembro, quando uma quadrilha com cerca de 10 homens armados invadiu a unidade prisional e resgatou os três presos. O sargento da Polícia Militar Izaías dos Santos Lima, 41 anos, tentou impedir a fuga e foi morto. Outros dois suspeitos já haviam sido capturados no dia 13 de dezembro.


Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o homem foi localizado com armas de fogo, munições, drogas e rádios comunicadores. Segundo a polícia, o homem também tinha fardas usadas por servidores do sistema prisional do estado.


A prisão ocorreu após investigação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em conjunto com a Divisão Antissequestro (DAS), Departamento de Polícia do Interior Sul (DPI) e Delegacia Regional de Senador Pompeu.


A identificação do suspeito não foi divulgada. Os delegadores que realizaram a operação concederão entrevista coletiva nesta quarta-feira (20) para repassar outras informações sobre a prisão.


Policial morto
O sargento Izaías dos Santos Lima foi baleado na cabeça em troca de tiros com os suspeitos. Ele morreu quando recebia atendimento médico. Conforme a Secretaria de Segurança Pública, ele recebeu atendimento no hospital da cidade e foi encaminhado de helicóptero para Fortaleza, mas não resistiu.


O policial militar Izaías dos Santos Lima atuava na 2ª Companhia do 9º Batalhão de Polícia Militar. A vítima ingressou na Polícia Militar do Estado do Ceará em 15 de junho de 1998.

Fonte: G1-CE

Tecnologia do Blogger.