Header Ads

JN STUDIO

Aécio destitui Tasso da presidência do PSDB

 O presidente licenciado do PSDB, senador Aécio Neves (MG), afastou o senador Tasso Jereissati da presidência interina da legenda, na tarde desta quinta-feira, 9. O mineiro justificou a decisão alegando que a eleição para o comando do partido precisaria de “isonomia”.
Aécio indicou para o lugar do ex-governador do Ceará, o tucano Alberto Goldman, que governou o Estado de São Paulo. Ele deverá ficar no posto até o dia 9 do próximo mês.
O cearense preside a legenda desde maio deste ano após afastamento do senador mineiro. Aécio se licenciou do posto após ser acusado de pedir R$ 2 milhões em propina para o empresário Joesley Batista.
Tasso concorre com o governador de Goiás, Marconi Perillo, pela presidência da sigla. A eleição será realizada na convenção nacional, em 9 de dezembro. O Blog Política está tentando falar com a assessoria de imprensa do parlamentar cearense.
Candidatura
Tasso lançou oficialmente a candidatura na tarde da última quarta-feira, 8. Um dia antes, após reunião com o governador Marconi Perillo, o tucano havia afirmado a jornalistas que tem “compromisso com uma parcela do partido” e “que defende alguns pontos de vista que não são os mesmos defendidos por outras parcelas”, como a liderada por Perillo.
O cearense alega que sua candidatura não pretende dividir o partido, e nega haver disputa pela presidência do PSDB. Em reunião reservada com lideranças da sigla, na semana passada, deputados federais ligados ao senador Aécio Neves chegaram a bater boca com o então presidente interino, que revidou: “o meu PSDB não é o PSDB de vocês”.

Fonte: O Povo
Tecnologia do Blogger.