Header Ads

JN STUDIO

Rebelião em presídio do Ceará é controlada; três presos tiveram corpos carbonizados, diz sindicato

Polícia faz a recontagem de detentos para saber se houve fuga.
A rebelião na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga, na noite desta segunda-feira (30) foi contida na manhã desta terça-feira (31), segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Ceará, Valdemiro Barbosa.
Ainda segundo o presidente do Sindasp-CE a Casa de Privação está muito destruída. Três detentos foram encontrados carbonizados. “Informação que chegou para nós do sindicato é que toda a confusão já foi controlada. Neste momento é feita a recontagem dos presos para saber se houve fuga. Três presos foram mortos e os corpos carbonizados”, relatou Valdemiro.
O G1 contatou a Secretaria da Justiça e o órgão ainda não se pronunciou sobre a rebelião. Informou apenas que os agentes penitenciários estão fazendo uma intervenção na CPPL II com a ajuda da polícia, mas não confirmou mortes.
De acordo com Valdemiro, o Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) e o Batalhão de Choque da Polícia Militar entraram dentro do presídio e controlaram a confusão. Os detentos foram conduzidos para uma quadra do presídio, onde é realizada a recontagem dos presos.
Rebelião
A rebelião da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II) começou na noite desta segunda-feira. Em vídeos gravados durante a rebelião, é possível ver os detentos gritando palavras de ordem de facções criminosas e ateando fogo a colchões dentro da unidade prisional.
De acordo com Cláudio Justa, presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará, a informação oficial é de que os presos se rebelaram por conta da descoberta de um túnel, o que teria frustrado uma tentativa de fuga. Este já é o quarto incidente do tipo que acontece na unidade neste mês de outubro.

Fonte: G1-CE
Tecnologia do Blogger.