Header Ads

JN STUDIO

Governo promete 35% da rede escolar em tempo integral

Ampliar dos atuais 26% para, no mínimo 35%, em 2018, o número de escolas públicas em tempo integral no Ceará. Esse é o objetivo do Governo do Estado anunciado, nessa quinta-feira (20), durante a solenidade para sancionar a Lei que define a nova política de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTIs), da rede pública estadual de ensino.

O projeto começou a tramitar na Assembleia Legislativa no dia 4 de abril último e foi aprovado no último dia 29. A sanção transforma a ação em uma política pública de Estado, assegurando a continuidade do projeto independentemente de quem assuma, futuramente, o Poder Executivo do Ceará.

No modelo atual, o currículo é constituído por 30 horas semanais de disciplinas da base comum a todos e 15 horas da parte flexível, sendo que 10 são escolhidas pelos alunos, que podem optar por Educação em Direitos Humanos; Educação Cientíca; Formação Prossional/eJovem - Informática; Educação Ambiental e Sustentabilidade; Mundo do Trabalho; Comunicação, Uso de Mídias, Cultura Digital e Tecnológica; Esporte, Lazer e Promoção de Saúde; Artes e Cultura; Clubes Estudantis e Desenvolvimento de Projetos, além de Aprofundamento de Conteúdos do Núcleo Comum.

Conforme o governador Camilo Santana, a aprovação da lei sobre educação reflete diretamente em outras bases da sociedade. "É uma grande política, não só de dar oportunidade aos nosso jovens, mas também uma política de proteção. Estamos falando também de segurança, de saúde, falando sobre o futuro de gerações", afirma.

(com informações do Diário do Nordeste)
Tecnologia do Blogger.