Header Ads

JN STUDIO

A pedido de Moro, Banco Central bloqueia R$ 606 mil de Lula

A pedido do Ministério Público Federal e por odem do juiz Sergio Moro, o Banco Central bloqueou R$ 606.727,12 do ex-presidente Lula. Os recursos foram localizados em quatro contas do petista: R$ 397.636,09 (Banco do Brasil), R$ 123.831,05 (Caixa Econômica Federal), R$ 63.702,54 (Bradesco) e R$ 21.557,44 (Itaú).

Além do dinheiro, houve confisco de veículos, três apartamentos e um terreno em São Paulo. No pedido, a Procuradoria da República alega que "Lula comandou a formação de um esquema delituoso de desvio de recursos públicos destinados a enriquecer ilicitamente" depois que assumiu a presidência da República.

O pedido de bloqueio dos recursos é de 4 de outubro de 2016, mas Moro só acolheu a medida apenas dois dias depois de condenar Lula por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a nove anos e seis meses de prisão.

Na condenação, o juiz já havia confiscado o triplex em Guarujá e imposto uma multa no valor de R$ 16 milhões a Lula, ao empreiteiro Léo Pinheiro e o executivo Agenor Franklin Medeiros, da OAS.

A defesa do ex-presidente avisou que vai recorrer da decisão da primeira instância ao Tribunal Regional Federal da 4ª região, em Porto Alegre. 

Fonte: O Povo Online
Tecnologia do Blogger.