Header Ads

JN STUDIO

Funcionários da Farmácia do Arco são assaltados e executados a tiros na CE-362

Roubo de motos é uma epidemia e virou rotina em Sobral.
Dois funcionários da farmácia do Arco, em Sobral, foram mortos a tiros na noite dessa quarta-feira 21, por volta das 22h. Eles vinham de Massapê e estavam a caminho do trabalho.
Lorena Lima e Gleison, segundo informações da Polícia Militar, estavam numa moto Bros quando foram surpreendidos por uma dupla ao reduzirem a velocidade ao passarem por um "quebra-molas" no distrito de Mumbaba. Moradores só relatam que escutaram os tiros, mas não presenciaram o crime. Não há informações ainda de quantos tiros foram efetuados, mas a motocicleta foi levada e até essa madrugada não era conhecido o paradeiro dos criminosos nem da moto.
A perícia esteve no local do crime e os corpos já foram encaminhamos para o Instituto Médico Legal de Sobral. O clima é de comoção entre os colegas de trabalho e clientes que eram atendidos diariamente pelas vítimas.
A situação está tão séria que já caiu na rotina e nem as três blits diárias e simultâneas ordenadas pelo prefeito Ivo Gomes estão dando jeito. Segundo um oficial do RAIO, que pediu para não ser identificado, há dias que são roubadas até 10 motos em menos de 24 horas no município de Sobral. Na última terça-feira, um assaltante roubou uma motocicleta e logo em seguida caiu numa blits, mas não foi preso. Preocupados em multar, enquanto consultavam a placa do veículo o assaltante que conduzia a moto deixou o local sem ser notado pelos guardas patrimoniais.
Fotos: internet

Com informações de Wellingtom Macedo 
Tecnologia do Blogger.