Header Ads

JN STUDIO

Leônidas Cristino reverencia a memória de Belchior no Plenário da Câmara Federal


O momento é de reverenciar a memória do poeta Belchior, compositor e intérprete falecido domingo, aos 70 anos. Queremos homenagear os frutos perenes da sua arte, reconhecer a vida do menino nascido em Sobral e com raízes familiares na cidade Coreaú.

Jovem seminarista do convento dos capuchinhos nos anos 1963 a 1966, Belchior aprendeu latim e conhecia a Bíblia. Depois cursou medicina até o quarto ano na Universidade Federal do Ceará. Largou tudo para seguir a carreira artística: "Vou viver ou morrer de música", disse na época.

O rapaz latino-americano que veio do interior para Rio de Janeiro e São Paulo conquistou um espaço na indústria fonográfica nacional. Belchior teve o reconhecimento da mídia e suas canções foram gravadas por grandes nomes da Música Popular Brasileira como Elis Regina, numa interpretação magistral de “Como Nossos Pais” e “Velha Roupa Colorida”, Ney Matogrosso, Erasmo e Roberto Carlos, Emílio Santiago e tantos outros

Num momento trágico da história do Brasil, o país acorda para contemplar o legado deste artista, que seduz as novas gerações.

Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes, seu nome completo, era chamado pela grande imprensa o bardo cearense. Para nós, ecoam nos seus discos, na sua história, Sobral, Coreaú e todo o Ceará, com o afeto a suas canções e ao seu nome, vivo em nossos corações.

A população cearense acolheu com emoção o poeta no velório em Sobral e Fortaleza, onde foi sepultado. O governador do Ceará, Camilo Santana, e o prefeito de Sobral, Ivo Gomes, deram o merecido apoio para uma despedida à altura do valor deste grande cearense.

Como bem afirmou Ciro Gomes sobre o legado do poeta: "O que projeta um homem para imortalidade é o seu verso. E eu não tenho a menor dúvida de que ele conseguiu isso por meio de sua obra".

Muito Obrigado.
Leônidas Cristino
Deputado Federal (PDT - CE)

DETALHE
Discurso proferido nesta terça-feira, 02 de maio, na Câmara Federal, em homenagem ao poeta sobralense Antônio Carlos Belchior. 
Fonte: Sobral em Revista
Tecnologia do Blogger.