Header Ads

JN STUDIO

Propina da Odebrecht era entregue até em cabaré, diz delator

Em depoimento à Justiça Eleitoral, o delator da Odebrecht, Hilberto Mascarenhas, responsável pelo setor de repasses de propina da empresa de 2006 a 2015, relatou que entregas de dinheiro em espécie aconteciam em “lugares absurdos” e até em “cabaré”. A reportagem teve acesso à íntegra do depoimento Hilberto.
Questionado pelo juiz auxiliar da ação que pede a cassação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer na eleição de 2014 sobre como eram os pagamentos ao marqueteiro João Santana e à esposa dele, Mônica Moura, Hilberto respondeu: Se fossem valores pequenos encontravam num bar, em todos os lugares. Você não tem ideia dos lugares mais absurdos que se encontra, no cabaré.

(Com Agências)
Tecnologia do Blogger.