Header Ads

JN STUDIO

Capitão Wagner quer retomar posto de “salvador da tropa”, após ser ofuscado por titular da SSPDS

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (24):
O deputado estadual Capitão Wagner (PR) parece estar se esforçando para retomar o lugar de “salvador da tropa”. Ofuscado pelo discurso adotado pelo novo titular da SSPDS, André Costa, o parlamentar ocupou a tribuna, nesta semana, para criticar a investigação da CGD sobre a Chacina de Messejana. Atacou a delegada responsável e a acusou de “forjar” provas.
Ele se esquece, porém, que a investigação foi feita por três delegadas, que a localização de viaturas foi realizada pela Ciops e que ele atua pela Associação dos Profissionais de Segurança do Ceará (APS).
O Capitão agora convoca, via Facebook, para um “ato de solidariedade” aos 44 PMs acusados de envolvimento na chacina. Será no dia 31, às 10 horas, no hall do Fórum Clóvis Beviláqua.
Bem, fica a pergunta: Vale atacar uma categoria para defender outra?
DETALHE – A data 31 de março não traz boas recordações ao país, quando envolve militar…

Fonte: Blog Eliomar 
Tecnologia do Blogger.