Header Ads

JN STUDIO

Fortaleza é a 3ª Capital do NE em violência física contra mulher

Uma em cada cinco mulheres na capital cearense já sofreu algum tipo agressão física em casa, segundo a maior pesquisa da área na América Latina A cidade de Maria da Penha ostenta uma triste estatística quanto ao direitos de gênero. Em Fortaleza, uma em cada cinco mulheres (18,97%) já sofreu algum tipo de violência física. A capital cearense ocupa o 3º lugar no Nordeste, ficando atrás de Salvador (19,76%) e Natal (19,37%).

Os dados são da Pesquisa de Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a mulher (PCSVDF Mulher), divulgados ontem. Realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal do Ceará (Caen/UFC) em parceria com o Instituto Maria da Penha, o estudo é considerado o maior da América Latina na área.


Ao todo, cerca de 10 mil mulheres, entre 15 e 50 anos, nas nove capitais da região, foram ouvidas no período de março a junho deste ano.

As estatísticas fornecem informações quantitativas em relação à violência contra a mulher. As qualitativas, que ajudam investigar as causas, serão obtidas em 2017.


“Uma pesquisa com grande número de entrevistadas dá uma visão mais real da violência contra a mulher no Nordeste. Temos ainda uma segunda etapa em que as mesmas mulheres vão ser novamente entrevistadas em 2017 para complementar esses dados”, afirma Maria da Penha, que dá nome à lei de combate à violência doméstica, que completa dez anos em 2016.


“O objetivo é criar uma grande base de dados científicos e transparentes que possa dotar a sociedade civil desse tipo de informação”, explica José Raimundo Carvalho, professor e pesquisador do Caen/UFC, complementando que as 256 entrevistadoras eram todas mulheres.


Em Fortaleza, outro dado alarmante é que quase um terço das agressões físicas (5,54%) contra mulheres ocorreu nos doze meses anteriores à aplicação da pesquisa.


Além dos dados relacionados à violência física contra mulheres nas capitais do Nordeste, a pesquisa apresenta uma série de outros dados. No Nordeste, cerca de três em cada dez mulheres já sofreram algum tipo de violência na vida (física, emocional ou sexual). Quase metade desses casos (11,92%) ocorreu nos doze meses anteriores em que a pesquisa foi aplicada.

Números


Ranking Violência física contra mulher no Nordeste
Salvador - 19,76%

Natal - 19,37%
Fortaleza - 18,97%

Maceió - 18,44%
João Pessoa - 17,87%

Recife - 17,59%
Aracaju - 15,44%

Teresina - 14,22%
São Luís - 12,54%


Nos últimos 12 meses Maceió - 7,48%

João Pessoa - 6,04%
Recife - 5,74%

Fortaleza - 5,54%
Natal - 5,5%

Aracaju - 5,39%
Salvador - 4,73%

Teresina - 4,38%
São Luís - 3,67%


Fonte: O Povo online
Tecnologia do Blogger.