Header Ads

JN STUDIO

Da coluna de Carlos Augusto: Não basta só fazer o dever de casa.

Nas rodas de conversas sobre política vem sempre a pergunta que não quer calar: como o distrito de Aracatiaçu consegue eleger 2 ou 3 vereadores e Taperuaba que passou 12 anos sem representantes na Câmara municipal não consegue? Ora, é preciso fazer uma leitura dos fatos para podermos encontrar algumas respostas. A meu ver, são duas respostas bem pontuais: Primeiramente os aracatiaçuenses que saíram de sua terra para Sobral e cresceram politicamente construindo seus patrimônios e/ou simplesmente conquistaram seus eleitores. Basta lembrar os saudosos João Passos Dias, Antonio Gil, Antonio Lisboa, esse retornou ao distrito depois de um legado na política e no antigo INPS. Outros que ainda estão vivos como Dedé Vasconcelos e Nelson Tavares, que ainda hoje moram em Sobral. Atualmente o distrito conta com três edis: Cláudio Gil, filho do ex-vereador Antonio Gil, Paulo Vasconcelos, filho do ex-vereador Dedé Vasconcelos e Emídio Silva, o estimado ex-pároco da Paróquia de Santo Antonio. Com efeito, a 2ª resposta está no simples fato de que esses, além de serem bem votados em sua terra natal, conseguem receber votos em outros locais do município. Os números não negam: o mais votado do distrito de Aracatiaçu foi Claúdio Gil, recebendo na sede do distrito 1.002 votos e na geral 2.412; Emídio Silva recebeu na sede 712 e na geral 1.394, Paulo Vasconcelos recebeu em Aracatiaçu 232 votos e na geral 2.231. E para finalizarmos com os números vamos ao distrito de Caracará que deu ao seu Zezão, filho de Antonio Félix Ibiapina, ex-vice prefeito de Sobral a maioria dos votos: 310 e que na geral recebeu 2.604. Em suma, os números não nos traem, pois mostram claramente que para ser eleito vereador em Sobral, o candidato, além de ser bem votado em sua região, ele tem que ser bem votado em outras áreas do município. Portanto, fica a dica para os “candidatos de Taperuaba” que mesmo o nosso distrito tenha voto suficiente para eleger dois candidatos tranquilamente, esses têm que, além de fazer o “dever de casa”, investir pesado em outros lugares, como fazem os candidatos de Aracatiaçu.

 Carlos Augusto 
Tecnologia do Blogger.