Header Ads

JN STUDIO

Candidato “Bode 90” do município Jati está desaparecido

O Bode 90, que surgiu como voto de protesto à candidatura única na prefeitura da cidade de Jati, está sumido desde o último sábado (24). Algumas pessoas na cidade, que fica localizada no Sul do Estado, acreditam que o animal tenha sido vítima de um crime político, como é citado na matéria da Rede Jangadeiro FM.
Depois de chamar tanta atenção por sua possível candidatura na eleição do dia 2 de outubro para o município de Jati, o Bode 90 ganhou repercussão em todo país e agora está “desaparecido”.
A candidatura do bode foi a forma que a oposição da chapa da atual candidata à reeleição, Maria de Jesus (PSD), conhecida como Neta, encontrou de disputar as eleições após o seu candidato, o médico doutor Jarbas, ter registro negado pela Justiça Eleitoral por não ter se descompatibilizado do programa “Mais Médicos” a tempo de participar da disputa.
O médico explica que o Bode 90 foi comprado por ele, mas a população de Jati contrária à candidatura única, tinha admiração pelo símbolo. O Bode 90 foi visto pela última vez no sábado (24), na fazenda Matulão, em Jati. Doutor Jarbas fala do assédio que o animal tinha devido ao sucesso da sua campanha.
O médico fala ainda que existem especulações que o sumiço do animal tenha relação com a política, já que na região da fazenda onde ele repousava, após cumprir sua agenda eleitoral, nunca haviam sido registrados casos de roubo de animais.
“Ele era bem assediado pelos eleitores. Tinha umas pessoas que não aceitam esse tipo de administração que acontece na nossa terra. O sumiço do bode pode ter uma ligação política. Não é comum ter esse tipo de roubo e não temos esse histórico. Deve ter sido algo premeditado.
O caseiro da fazenda Matulão já registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Jati, e a população aguarda o desfecho das investigações.

Fonte: Tribuna do Ceará




Tecnologia do Blogger.