Header Ads

JN STUDIO

Criminosos atiraram contra o destacamento e a agência, mas não levaram dinheiro

O destacamento da Polícia Militar (PM) em Cedro, no Sertão Central, foi alvo de disparos, durante uma tentativa de roubo ao banco Bradesco, registrado por volta da 1 hora desta segunda-feira, 1º. Enquanto parte do grupo criminoso atacava os policiais, a outra foi em direção à agência. Os criminosos, no entanto, não levaram nenhuma quantia. Os policiais acreditam que o banco não havia sido abastecido.

As informações são da 3ª Companhia do 10º Batalhão de Polícia Militar (3ªCia/10º BPM). Ainda segundo o relato, os cerca de 15 homens também atiraram contra o banco. Assim como no ataque ao destacamento, ninguém ficou ferido. Cápsulas de fuzis calibre 556 e 762 e de escopeta calibre 12 foram encontrados.

Em seguida, os criminosos fugiram em cinco carros, incluindo duas caminhonetes. Os policiais, acuados pelo ataque ao destacamento, não conseguiram identificar a rota de fuga do bando. As buscas pelos criminosos são reforçadas com policiais de cidades vizinhas e do Comando Tático Rural (Cotar).

A ação de Cedro se soma a ataques a bancos na Capital, em Pedra Branca (também no Sertão Central) e em Parambu (Sertão dos Inhamuns), todos ocorridos em um intervalo de quatro dias. Esses ataques elevaram a 35 o número de atentados contra bancos no Ceará somente neste ano.


O crime em Fortaleza também ocorreu nesta madrugada, em uma agência do banco Santander localizada no bairro Aldeota. Na ação, dois caixas eletrônicos e um cofre foram arrombados. Duas pessoas que efetuaram a ação já foram identificadas, informa a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) ainda busca identificar uma terceira pessoa que deu suporte ao crime

Redação O POVO Online
Tecnologia do Blogger.