Header Ads

JN STUDIO

Mais de 2 mil aparelhos sonoros foram apreendidos no estado só no ano de 2016


Em todo o Estado, no primeiro semestre deste ano, 2.198 equipamentos sonoros foram apreendidos, conforme dados da Polícia Militar Ambiental do Ceará (BPMA). Os procedimentos foram constatados após rondas e denúncias, principalmente em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte. Para se ter uma ideia do problema, 60% das ligações recebidas pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) estão relacionadas à poluição sonora.

Mairlon Moreira, coordenador de Fiscalização da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), explica que a maior parte das denúncias se refere ao uso de paredões. "Você nunca sabe onde eles vão estar, então a denúncia é feita na hora. O paredão não precisa nem estar ligado para ser apreendido: basta ele estar sem a devida capa de proteção, parado ou em transporte em logradouros públicos", afirma.

Como não possui serviço de atendimento imediato, a Seuma conta com apoio do BPMA para coibir o abuso na utilização dos aparelhos sonoros. Através da "Operação Sossego", agentes da Célula de Controle da Poluição Sonora realizam buscas ativas ou atendem a denúncias. Segundo Mairlon Moreira, as infrações ocorrem em bares, churrascarias e restaurantes e estão relacionadas ao uso de equipamentos acima do decibéis permitidos por lei ou sem licenciamento.

(com informações de Nicolas Paulino)
Tecnologia do Blogger.