Header Ads

JN STUDIO

Herbário da UVA inicia estudos financiados pela FUNCAP

Foto: Reserva de Vida Silvestre Pedra da Andorinha
O Herbário “Prof. Francisco José de Abreu Matos” (HUVA) da Universidade Estadual Vale do Acaraú teve projeto aprovado pelo Programa de Bolsas de Produtividade em Pesquisa, Estímulo à Interiorização e à Inovação Tecnológica (BPI/FUNCAP) da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Governo do Estado (FUNCAP). O Projeto “Inventário Florístico do Noroeste do Estado do Ceará: diversidade e potencialidades do bioma Caatinga” terá investimentos no valor de R$ 84 mil reais para aquisição de equipamentos e custeio e bolsas de Iniciação Científica.
Coordenado pelo Professor Elnatan Bezerra de Souza, curador do HUVA e professor do Curso de Ciências Biológicas da UVA, o projeto envolve 09 (nove) estudantes da equipe do Herbário, sendo 03 (três) bolsistas do BPI/FUNCAP e os demais bolsistas do Programa Bolsa Universidade (PBU/UVA) e voluntários.
A pesquisa, iniciada em junho de 2016, realiza estudos sobre a flora de todas as unidades fitoecológicas da Região Noroeste do Estado do Ceará, englobando as áreas de restinga do litoral; matas secas e úmidas (Planalto da Ibiapaba, Serras da Meruoca e de Uruburetama) e a área de caatinga existente na Reserva de Vida Silvestre da Pedra da Andorinha, no Distrito de Taperuaba, no Município de Sobral.
De acordo com o Professor Elnatan Bezerra, o inventário florístico terá, além da descrição científica e catalogação, outras informações importantes sobre as espécies. “Os estudos sobre a flora dessa região incluem, ainda, a avaliação dos potenciais fitoquímico, bioindicador, ornamental e madeireiro, por exemplo, o que reforça o quanto o bioma Caatinga é importante e necessita de estudos”, explica o Professor Elnatan.
Com Informações da Assessoria de Comunicação e Marketing Institucional da UVA
Tecnologia do Blogger.