Header Ads

JN STUDIO

Dois homens armados com facas fazem reféns em igreja na Normandia e degolam um padre, antes de serem mortos pela polícia

Dois homens armados com facas invadiram uma igreja nesta terça-feira, 26, no norte da França e fizeram cinco reféns durante cerca de 40 minutos. Antes de serem mortos pela polícia, eles degolaram um padre e feriram gravemente outro refém, que corre risco de vida. Os três outros reféns foram liberados e estão sãos e salvos.

O religioso morto foi identificado como Jacques Hamel, padre auxiliar da paróquia, segundo a Conferência dos Bispos da França. O incidente aconteceu em Saint-Etienne-du-Rouvray, na região da Normandia, norte da França. A cidade fica perto de Rouen, onde nasceu o presidente François Hollande. Ao lado do ministro do Interior Bernard Cazeneuve, ele se dirigiu para o local. François Hollande afirmou que os dois homens "disseram pertencer ao Daesh", utilizando o acrônimo em árabe do grupo Estado Islâmico.

A identidade dos agressores e a motivação para o ataque ainda são desconhecidas. A seção antiterrorismo do Ministério Público assumiu as investigações. Manuel Valls, o primeiro-ministro, declarou que os franceses "permanecerão unidos" diante deste "ataque bárbaro". O Estado Islâmico reivindicou o ataque.


Fonte: O Povo
Mais informações em instantes.
Tecnologia do Blogger.