Header Ads

JN STUDIO

Ciclistas premiados pelo uso frequente do Bicicletar recebem bikes

Vagner Freitas foi o usuário que realizou mais viagens com as bicicletas compartilhadas. Ao todo, foram 1.102. Já Luísa Lemos foi a usuária que realizou a milionésima viagem com uma das bicicletas compartilhadas. Os dois saíram ganhando e foram premiados na tarde desta terça-feira (26).
Cada um ganhou uma bicicleta acompanhada de equipamentos de proteção. Quem fez a entrega das bikes foi o médico João Borges, presidente da Unimed Fortaleza.
“A gente ta super feliz de poder estar comemorando estes dois fatos em um projeto que é tão saudável e é o nosso orgulho. Com o Sistema Bicicletar conseguimos trazer três coisas para Fortaleza, unimos uma parte lúdica que é andar de bicicleta, promover saúde e mobilidade”, afirma o médico.
Os premiados

A publicitária Luísa Lemos utiliza as bicicletas compartilhadas para ir ao trabalho diariamente e teve a sorte de pegar a milionésima bicicleta para uma viagem. Ela faz um percurso de 2 km até o trabalho há mais de um ano, quando começou a utilizar as bicicletas. Ela decidiu começar a usar porque estava a em busca fazer alguma atividade física e de um transporte alternativo, antes ela utilizava o transporte público.

Luísa começou a ir ao trabalho de bicicleta e diz que isso mudou sua vida, pois não era acostumada a fazer exercícios, então seu condicionamento físico melhorou muito e perdeu peso. “Chego no trabalho muito mais disposta e relaxada, o que ajuda no meu desempenho”, disse a publicitária.
Ela acha que o respeito ao ciclista também aumentou desde quando as pessoas começaram a andar mais de bicicleta e a prefeitura começou a investir em ciclofaixas, porque se tornou algo constante e os motoristas perceberam que o ciclista está inserido nesse meio.
O corretor de cera de carnaúba Vagner Freitas utiliza o sistema Bicicletar como meio de transporte assim como Luísa. Nos cinco dias da semana que trabalha, faz pelo menos dois percursos com as bikes compartilhadas. Ele sai do bairro Novo Modubim, onde mora, pega um ônibus e desce na Praça da Bandeira. De lá ele pega uma bicicleta e segue até o Centro Cultural Dragão do Mar, próximo de onde ele trabalha. Ao todo, Vagner realizou 1.102 viagens desde quando começou a ser usuário do Bicicletar, pouco tempo depois que chegou em Fortaleza. “Bicicleta é tudo de bom, eu coloco uma música e chego o trabalho bem rápido e tranquilo”, diz o usuário mais assíduo do sistema.
Além de usar frequentemente, Vagner é muito zeloso com as bicicletas. Ele sempre anda com uma chave de fenda e quando percebe alguma coisa quebrada em alguma bicicleta, ele procura fazer os ajustes necessários. “Se elas me servem tanto, não custa nada eu dar um jeitinho de vez em quando”.
Sistema Bicicletar
O Bicicletar é recordista de utilização dentre os sistemas de bicicletas no Brasil e um case de sucesso no estimulo a mobilidade e a saúde. O sistema chegou ao Ceará no final de 2014.
Com o incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte de rápido deslocamento e que não polui o meio ambiente, o projeto é executado pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (Paitt). A previsão é ampliar o sistema e chegar ao total de 300 estações do Bicicletar até 2018.
Em pouco mais de um ano e meio de vigência, são 133.137 usuários cadastrados. A projeção é de que 345 toneladas de CO2 deixaram de ser emitidas nesse período. Para a saúde de cada usuário, utilizar a bicicleta como meio de transporte agrega melhor condicionamento físico, atua preventivamente contra as principais doenças crônicas e combate o estresse.

Fonte: Tribuna do Ceará
Tecnologia do Blogger.