Header Ads

JN STUDIO

PRESOS SÃO PUNIDOS E TRANSFERIDOS APÓS REBELIÃO COM REFÉNS E DESTRUIÇÃO DE CADEIA PÚBLICA DE SANATA QUITÉRIA

A rebelião só terminou no começo da noite desta segunda-feira

A Secretaria Estadual da Justiça e da Cidadania (Sejus) deverá providenciar nesta terça-feira (7) a transferência de alguns presos da Cadeia Pública de Santa Quitéria (217Km de Fortaleza). A unidade passou por um motim e destruição nas últimas 24 horas. O local está superlotado.
A rebelião teve início no começo da tarde e mobilizou policiais do 4º BPM (Canindé), do Comando Tático Rural (Cotar) e do Batalhão de Policiamento de Divisas, além do Grupo de Apoio Penitenciário (GAP), deslocado de Fortaleza em um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Cerco policial

Os presos rebelados fizeram dois companheiros de cela como reféns e exigiram a presença das autoridades daquela Comarca para solucionar a questão da superlotação. A Cadeia Pública tem capacidade para abrigar até 50 presos, mas atualmente tem 87 internos. A promotora de Justiça da cidade esteve no local tentando negociar com os amotinados, mas o incidente só terminou no começo da noite com a intervenção dos agentes penitenciários e PMs.

Os presos quebraram cadeados, portões e grades, além de queimar roupas, lençóis e colchões para chamar a atenção das autoridades. O clima ficou tenso e os policiais do Destacamento da PM local cercaram a unidade para impedir eventuais fugas.


Fonte: Fernando Ribeiro
Tecnologia do Blogger.