Header Ads

JN STUDIO

Servidores do Detran são presos por esquema fraudulento com CNH

Os envolvidos no esquema chegariam a cobrar entre R$ 300 a R$ 2.700, segundo apurações do Ministério Público
Uma operação do Ministério Público do Estado (MP-CE) resultou no cumprimento de cinco mandados de prisão contra servidores da Regional do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em Sobral, proprietários e funcionários de autoescolas, na manhã desta quarta-feira, 19. Além disso, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, tendo como alvo o Detran do município, sedes de autoescolas e residências.



A ação foi intitulada de "Operação Genius" e comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), que pertence ao MP, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo as apurações do Ministério Público, estava em curso um esquema de "venda de habilidades" em processos de habilitações fraudulentas de condutores de veículos automotores em Sobral.
Conforme o Detran, os três servidores investigados por suspeita de participação na fraude foram afastados. O Departamento também abriu uma sindicância para apurar os fatos no âmbito administrativo e determinou a realização de auditoria interna em todos os atos praticados pelos funcionários alvos da investigação.



As autoescolas citadas na ação foram bloqueadas no sistema, segundo o Detran, o que impede de abrirem novas inscrições de candidatos para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O órgão afirma que elas vão responder a processo administrativo para seu descredenciamento.

Fonte: O povo 
Tecnologia do Blogger.