TAPERUABA NOTÍCIAS

sábado, 23 de maio de 2015

SAAE e Shoidra começam a implantação de Poços Artesianos em Taperuaba.

Imagens Junior Mesquita
               Na tarde deste sábado (23), o SAAE (Sistema Autônomo de Água e Esgoto de Sobral), esta junto a Sohidra (Superintendência de Obras Hidráulicas) começando a implantação dos Poços Artesianos em Taperuaba os estudos realizados á algumas semanas pontuaram alguns Poços sendo três em Taperuaba e um no Bairro de Vassouras, essas ações surgem da Prefeitura Municipal de Sobral por meio da autarquia e tem como principal objetivo minimizar os problemas da seca que assolam a região e que tem trazido prognósticos negativos para os dias futuros, as ações tem o acompanhamento dos servidores do SAAE e da CAGECE, além do suporte da suplente de vereadora, Socorrinha Brasileiro, que tem acompanhado as ações e articulado a permanência da equipe em Taperuaba para a execução da obra. 

COMITIVA DE DEPUTADOS VISITA OBRAS DO CINTURÃO DAS ÁGUAS.

Uma comitiva de 12 deputados visitou, na manhã desta sexta-feira (22/05), ao lado do governador Camilo Santana, as obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) e da Barragem de Jati, que receberá as águas da transposição do rio São Francisco. Os parlamentares também conheceram o ponto de captação, sistema por meio do qual as águas do São Francisco entrarão no CAC, que fica localizado na cidade de Missão Velha.

Camilo Santana explicou que a água do São Francisco deverá chegar à barragem Jati até o segundo semestre de 2016. De acordo com o governador, com a chegada das águas à Barragem de Jati, dois terços da população cearense não enfrentarão mais problemas com a falta d’água.

“Vamos ver se a gente consegue pressionar para que o prazo seja cumprido. A transposição fará com que haja segurança hídrica para dois terços da população do Ceará. E vamos ver agora o trecho do Cinturão das Águas, que levará água para o lado oeste do Estado através de túneis com tecnologia avançada. Para mim, a prioridade é a água chegar até o Riacho do Porto e Jati”, destacou.

O presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque (Pros), destacou a importância da visita dos deputados às obras. Para ele, o momento serve para mostrar que as obras não estão paradas como afirmam algumas pessoas. “Hoje estamos vendo in loco essa gigantesca obra que muitos só vêm mostrando o lado negativo. O que podemos observar é que o trabalho está avançado e logo será resolvido o problema hídrico do Estado do Ceará”, afirmou.  

Ainda segundo Zezinho, após a visita será feito um relatório sobre os pontos que mais chamaram atenção da comissão.

Segundo o deputado Welington Landim (Pros), que por diversas vezes levou o assunto da transposição à tribuna da Casa, a visita serviu para alinhar a sociedade e os deputados com o que está acontecendo de verdade. “É a maior obra do Nordeste e já estamos com mais de 50% concluída dentro do Estado”, comemorou.

Já o deputado Elmano de Freitas (PT) afirmou que não conhecia a proporção da obra. Segundo ele, o projeto orgulha todo o povo cearense. “Tinha visto no papel, mas nada como ver a obra. É impressionante e orgulha qualquer nordestino. Aqueles que falam que a obra não existe, gostaria que viessem aqui. Mais importante ainda é o dia em que assistirmos essa água correndo e resolvendo os problemas dos nossos irmãos cearenses”, pontuou.  

O Cinturão das Águas, no trecho 1, vai atender diretamente as cidades de Jati, Brejo Santo, Porteiras, Abaiara, Missão Velha, Barbalha, Crato, Nova Olinda, Milagres, Farias Brito, Lavras da Mangabeira, Iguatu, Icó, Orós, Mauriti, Aurora, Cariús e Quixelô. A obra busca dar maior sustentabilidade e segurança hídrica ao Estado.
Além dos canais, estão sendo incluídos no trecho sifões - enterrados e aéreos - para a travessia dos cursos de água, além dos túneis.  Na sua totalidade, o projeto do Cinturão das Águas do Ceará prevê a construção de 1,3 mil quilômetros de canais, sifões e túneis, que levarão água para 12 bacias hidrográficas do Ceará.

Também participaram da visita os deputados Evandro Leitão (PDT), Joaquim Noronha (PP), Leonardo Pinheiro (PSD), Zé Ailton Brasil (PP), Moisés Braz (PT), Odilon Aguiar (Pros), Robério Monteiro (Pros), Tin Gomes (PHS) e  Naumi Amorim (PP); além do Secretário de Desenvolvimento Hídrico do Estado, Francisco Teixeira.

Fonte: Sobral de Prima.

Coleta de assinaturas pela Reforma Política segue na Capital cearense.

Oitocentas mil assinaturas pela Reforma Política já foram colhidas no Estado pela OAB-Ceará e CNBB e entregues na Câmara dos Deputados, em Brasília.

             A votação da reforma política, no plenário da Câmara dos Deputados, está prevista para o próximo dia 26.

              São necessárias 1,5 milhão de assinaturas para que o projeto seja apresentado ao Congresso Nacional. 

               Na próxima quinta-feira (28), o secretário geral da OAB-CE, Jardson Cruz, participa, a partir das 19h, do Diálogo sobre Reforma Política. O debate será no Teatro Nila Gomez de Soárez (5º andar) da Faculdade 7 de Setembro.

                Promovido em parceria com a Comissão de Estudos Constitucionais da OAB-CE, o evento é gratuito e aberto ao público. As inscrições podem ser feitas no site da OAB-CE, e será disponibilizado um certificado de 3h/aula para os participantes.


Fonte: Ceará News 7.

Áreas sociais são as mais afetadas com o corte no orçamento da União.

O PAC, marca da gestão petista, sofreu um corte de R$ 25,7 bilhões, o que representa 39,1% das verbas previstas no Orçamento para o programa. Desse total, R$ 5,6 bilhões são do Minha Casa, Minha Vida.

O corte orçamentário de R$ 69,9 bilhões, anunciado oficialmente ontem, foi concentrado em despesas sociais e investimentos e afetou programas-chave do governo Dilma Rousseff, como o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), Minha Casa, Minha Vida e o Pronatec. Cidades, Saúde, Educação e Transportes responderam por 63% da tesourada. Somando os cortes dos outros poderes, o bloqueio total foi de R$ 70,9 bilhões.
O PAC, marca da gestão petista, sofreu um corte de R$ 25,7 bilhões, o que representa 39,1% das verbas previstas no Orçamento para o programa. Desse total, 

              R$ 5,6 bilhões são do Minha Casa, Minha Vida. O programa viu seu orçamento encolher 36%.
               “É um esforço gradual, que reflete a preocupação com responsabilidade financeira e responsabilidade social. O ajuste está na velocidade que a economia suporta e preservando programas prioritários”, afirmou o ministro Nelson Barbosa (Planejamento).
Prioridades
                  Mesmo com a redução expressiva de recursos, Barbosa afirmou que projetos “estruturantes” e em fase de conclusão do PAC serão preservados e a terceira fase do Minha Casa, Minha Vida será lançada.
                   Na Educação haverá uma redução de vagas para o Pronatec - programa de qualificação técnica e profissional e uma das principais vitrines do governo Dilma Rousseff, mas o ministro frisou que ainda serão abertas novas matrículas no ano.
                    O contingenciamento faz parte do esforço do governo de equilibrar suas contas depois que o setor público fechou ano passado com rombo de R$ 32,5 bilhões - primeiro déficit em 13 anos.
                     Segundo Barbosa, a expectativa é que as medidas provisórias com mudanças nos benefícios trabalhistas e previdenciários, em tramitação no Congresso, ajudem a reduzir em R$ 5 bilhões as despesas. Para aumentar as receitas, o governo promoveu ontem novo aumento da carga tributária.
                      A despeito do corte orçamentário, o governo prevê gastar mais dinheiro em 2015 do que no ano eleitoral de 2014. De acordo com as projeções da área econômica, as contas do Tesouro só fecharão com aumento agudo da arrecadação de tributos e outras fontes de receita.
                       Mesmo com o bloqueio recorde de R$ 69,9 bilhões, permanecem programados para o ano desembolsos de R$ 1,1 trilhão, algo como R$ 100 bilhões acima do montante de 2014, também recorde. (Folhapress)

Números

36% do orçamento do programa Minha Casa, Minha vida foi cortado.

32,5 bilhões de reais foi o rombo do setor público ano passado.

Fonte: O Povo.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Deputados investigados na Lava-Jato votam unidos pela construção de shopping bilionário na Câmara.

Os deputados investigados na Lava-Jato por suspeita de ter relações espúrias com as empreiteiras votaram unidos anteontem ao dar o aval ao projeto de construção de um shopping center na Câmara – promessa de campanha de Eduardo Cunha que ele agora tenta tirar do papel.

A PPP para a construção do shopping é a galinha dos ovos de ouro dentre as obras à espera das construtoras em Brasília.
Votaram com Cunha os notórios Aguinaldo Ribeiro, Aníbal Gomes, Arthur Lira, Dilceu Sperafico, Eduardo da Fonte, Jerônimo Goergen, José Mentor, José Otávio Germano, Lázaro Botelho, Luiz Fernando Faria, Missionário José Olímpio, Nelson Meurer, Renato Molling, Roberto Balestra, Roberto Britto, Sandes Júnior, Simão Sessim, Vander Loubet e Waldir Maranhão.


Fonte: Revista Veja.

Polícia procura homens acusados de assaltar e estuprar jovem em Paraipaba.

A Polícia Civil em Pacatuba intensifica investigações para localizar homens acusados de assaltar e estuprar uma jovem na última quarta-feira (20). A notícia do ataque teve grande repercussão local após a divulgação de um áudio da irmã da vítima pedindo mais segurança na cidade e confirmando o ataque.

                  Em entrevista ao Ceará News desta sexta-feira (22), a delegada Keury Alves confirmou a denúncia de estupro, mas lamentou a demora ao informar o ocorrido, que teria facilitado a fuga dos acusados. Ouça abaixo trecho da entrevista:



Fonte: Ceará News 7.

Operação Zelotes transforma Operação Lava Jato em fichinha: valores sonegados no país chega à marca de R$ 200 bilhões em 2015.

Soma inclui desvios de caixa-dois, uso de laranjas e dinheiro da Operação Zelotes.

Pelo menos R$ 200 bilhões em impostos deixaram de ser pagos ao governo 2015, segundo o site Sonegômetro, que faz uma estimativa do quanto o país perde com sonegações por ano. A campanha, organizada pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz) inclui também os desvios de dinheiro deflagrados pela Operação Zelotes, além de prejuízos com "laranjas" e caixa dois. Quantia corresponde a 25% do que já foi pago pelos brasileiros em impostos de janeiro a maio.

Com painel instalado no Largo da Carioca, no Centro do Rio de Janeiro nesta quinta e sexta-feiras (21 e 22), a campanha passa por diversas capitais alertando para os males que o desvio de impostos pode causar ao país. Apenas os valoresdeste ano, ressalta Heráclio Camargo, presidente da Sinprofaz, já somam mais que o dobro do que o governo pretende arrecadar com o projeto do ajuste fiscal, que gira em torno de R$ 80 bilhões.

Apenas a Operação Zelotes, deflagrada no início deste ano pela Polícia Federal, foi responsável por desviar 10% deste valor, com estimativas de sonegações em torno de R$ 19 bilhões. "Com certeza uma parte dos desvios (da Zelotes) está computado na estimativa. Entretanto, o crime é resultado de anos de sonegação, e devem ter feito parte das outras edições do Sonegômetro, que existe desde 2013", afirma Heráclio. 

Os criadores do indicador enfrentam uma dificuldade constante de mensurar valores subtraídos através de crimes fiscais, mas utilizam de elaborada metodologia para que a estimativa seja a mais precisa. Os especialistas utilizam de dados de contas bancárias, pesquisas de orçamento domiciliar e comportamento do contribuinte, além de métodos indiretos como estimativas sobre a economia informal. Mesmo com esses valores, "o estudo trata-se de uma estimativa conservadora", explica o presidente da Sinprofaz. No ano passado, o valor sonegado apontado pelo site atingiu a marca de R$ 502 bilhões.

Comparado com outro site de medição, o Impostômetro, que aponta a quantidade de impostos pagos pelos brasileiros anualmente, o valor sonegado corresponde a 25% das contribuições arrecadas em 2015 (cerca de R$ 800 bilhões).

R$ 160 bi escoados com a lavagem de dinheiro

O sindicato revela que, dos R$ 200 bilhões registrados pelo Sonegômetro, do início do ano até agora, 160 bilhões foram escoados com as operações de lavagem de dinheiro. Por isso, ao lado do Sonegômetro, também está posicionada a Lavanderia Brasil, peça publicitária em formato de uma máquina de lavar gigante, que simboliza os valores sonegados com artifícios da lavagem de dinheiro no país.

O objetivo do ato público é chamar a atenção da população para a falta de investimentos na carreira dos procuradores da Fazenda Nacional, responsável pela recuperação dos tributos federais e combate à sonegação fiscal. Com a recuperação desses valores para os cofres públicos, essa atividade dos procuradores poderia evitar, por exemplo, os aumentos reiterados de impostos que recaem sobre a população brasileira. “O investimento na Procuradoria Geral da Fazenda da União (PGFN) traz um retorno imediato ao governo e à sociedade. O órgão  devolve aos cofres públicos 20 reais para cara real investido na procuradoria”, afirma o presidente do Sinprofaz, Heráclio Camargo.

20 bilhões recuperados em 2014

Só em 2014 foram recuperados mais de 20 bilhões pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), com base na perícia e na capacidade de trabalho dos procuradores.
“Acreditamos que dobrando o orçamento da Procuradoria da Fazenda Nacional, reverteríamos muito mais dezenas de bilhões de reais para os cofres públicos, evitando o corte de direitos trabalhistas, sociais, a elevação dos combustíveis e as novas ameaças de elevação de tributos”, destaca Heráclio Camargo.
Procuradores entregam 319 pedidos de exoneração na AGU e PGFN

Com o objetivo combater, mais efetivamente, a sonegação e a corrupção na seara tributária e exigir melhores condições de trabalho, os procuradores da Fazenda Nacional entregaram, nesta quinta-feira (21), 319 pedidos de exoneração dos cargos de chefia ocupados até então. Ao todo, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) conta com 340 cargos de confiança.

Além desta decisão que foi tomada em assembleia na última segunda-feira (18), outros 1553 procuradores da Fazenda Nacional já assumiram compromissos de não assumirem esses cargos que ficarão vagos. Com isso, a adesão atinge quase 90% de adesão da carreira.


 Fonte: Jornal do Brasil.


Decisão acertada: Governo vai aumentar imposto dos bancos.

O governo decidiu elevar em 5 ponto percentuais, para 20 por cento, a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de bancos e outras instituições financeiras, como corretoras, em mais uma medida de ajuste fiscal, disse à Reuters nesta quinta-feira uma fonte do governo com conhecimento do assunto.
“O aumento vai ser feito por medida provisória”, disse a fonte, que pediu para não ser identificada.
A elevação da alíquota vai gerar, de acordo com cálculos do governo, uma receita adicional ao ano de 3 bilhões a 4 bilhões de reais.
As ações dos bancos vem sofrendo na Bovespa desde o início da semana, quando começaram a surgir especulações sobre a elevação de tributos sobre os setor e o fim do juro sobre capital próprio.
No início da semana, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse que o governo avaliava a possibilidade de elevar tributos dependendo do andamento das medidas de ajuste fiscal no Congresso Nacional.
As mudanças realizadas pelo Congresso até o momento nas medidas provisórias 664 e 665, que alteram as regras de acesso a benefícios previdenciários e trabalhistas, reduziram a expectativa de ganho com essas medidas neste ano em 3,5 bilhões de reais, de acordo com estimativas do governo. As MPs ainda estão tramitando no Legislativo.

Fonte: Diário do Centro do Mundo.

LULA: 'FHC PRECISA CONTAR A HISTÓRIA DA SUA REELEIÇÃO'.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) rebateu nesta quarta-feira (20) as críticas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no programa do PSDB.
Nesta terça-feira (19), FHC afirmou na TV que nunca antes no Brasil “se errou tanto e roubou tanto em nome de uma causa". “A raiz da crise atual foi plantada bem antes da eleição da atual presidente. Os enganos e desvios começaram já no governo Lula. O que a realidade está mostrando é que nunca antes neste país se errou tanto nem se roubou tanto em nome de uma causa”, disse FHC.
Em discurso em um seminário para sindicalistas bancários, promovido pela Contraf-CUT em São Paulo, o petista se disse “triste” com os ataques da oposição: "Eu vi o programa do nosso adversário na terça-feira. Fico triste, porque um homem que foi presidente da República, letrado como ele é, não tinha o direito de falar a bobagem que ele falou", afirmou.
Segundo Lula, se ele quisesse falar de corrupção, precisaria contar para este país a história da sua reeleição, em referência ao escândalo da compra de votos em 1997: "Não teve no nosso mandato 'engavetador' no Ministério Público e não teve afastamento de delegado da Polícia Federal por investigar. Só há um jeito das pessoas não serem incomodadas neste país, é serem honestas, é fazerem a coisa certa. Não tem tapete para esconder a sujeira. No tempo deles, só tinha tapete", acrescentou.
Quanto à disputa à Presidência, disse que virou o alvo: "Eu estou assustado. Agora, eles já não querem mais atacar a presidente Dilma Rousseff. Eles já estão pensando que tem de balear o Lula, pensando que o Lula vai voltar em 2018. Eu nem sei se vou estar vivo", afirmou.
Fonte: Brasil 247.

Izolda Cela anuncia liberação de R$ 48,3 milhões para trabalhadores rurais.

A vice-governadora Izolda Cela anunciou nesta quarta-feira (20), durante encontro com trabalhadores rurais, na Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), investimentos na ordem de R$ 48,3 milhões. O anúncio foi feito hoje (21) Grito da Terra Brasil no Estado.

Os recursos do Governo do Estado serão aplicados na regularização fundiária e agricultura familiar no valor total de R$ 5,3 milhões e mais R$ 43 milhões para o Cadastro Ambiental Rural (CAR). Para o cadastro, será celebrado convênio entre a Fetraece, a SDA, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e o Instituto de Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace).

Os trabalhadores, antes do encontro, percorreram as ruas do Centro de Fortaleza. O Grito da Terra Brasil no Ceará (GTB) foi coordenado pela Fetraece e sindicatos de trabalhadores rurais de vários municípios cearenses, atendendo a uma variada pauta de reivindicações como perfuração de poços, regularização fundiária, apoio a feiras de agricultura familiar, segurança púbica e eletrificação rutal trifásica.


Fonte: Sobral em Revista.

Ivo Gomes troca diretoria do Detran/CE. Ficou apenas o superintendente Igor Ponte


O deputado estadual sobralense Ivo Ferreira Gomes, atual secretário de Cidades, trocou todos os diretores do DETRAN, manteve apenas o superintendente Igor Ponte, filho de Sobral.

Os velhos diretores do DETRAN estão no METROFOR ou ainda serão nomeados para outras funções.

Ivo ganhou mais poder ainda. O governador Camilo Santana acaba de criar no IDECE novas diretorias, uma delas para regularização fundiária urbana. O governo vai legalizar moradias cujo os donos não tem escritura e registro dos imóveis. Projetão.

Fonte: Blog do Roberto Moreira

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Mutirão foi realizado as margens da CE-362 próximo ao centro de Taperuaba pela Equipe da Limpeza Pública.

Imagens Junior Martins.
             Na quarta-feira (20), a Equipe da Limpeza Pública de Taperuaba realizou um mutirão as margens da CE-362, próximo ao centro de Taperuaba, foram realizadas roçagem, coleta de lixo que foram postos a margem da via e podagem das árvores, essas ações seguem um cronograma já definido pelo Agente Local, Junior Mesquita, o Encarregado, Junior Martins, junto à suplente de vereadora, Socorrinha Brasileiro, e seguindo as orientações da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SECONV). Sendo as quartas-feiras de cada semana essas ações são realizadas com objetivo de recuperar áreas em estado de degradação.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | cheap international calls