sábado, 28 de maio de 2016

FRENTISTA BALEADO EM ASSALTO TEM MORTE CEREBRAL NO HOSPITAL SANTA CASA

   Robert Fonteles, 25 anos, teve morte cerebral nesta sexta-feira (27) no setor de alta complexidade do Hospital Santa Casa, Robert foi vitima de um assalto na ultima terça-feira (24) no posto de combustível onde trabalhava a dois meses.

Blog Sinhá Sabóia

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Grupo dos Vicentinos Realizará Bazar amanhã a partir das 07hrs.

    O Bazar da Solidariedade terá inicio ás 07hrs no Salão dos Vicentinos, localizado na Rua Pe. Leitão, próximo a Fabrica Geração Baby. O Bazar disponibilizará, roupas calçados e outros peças a partir de 2,00 reais.  

MPCE alerta para risco de greve de policiais militares e bombeiros em Assembleia Geral

O Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de Justiça José Francisco de Oliveira Filho (respondendo pela Promotoria de Justiça Militar), expediu, nesta sexta-feira (27), uma Portaria, determinando a abertura de procedimento Notícia de Fato sob o nº 001/2016 – PmJM, com a devida autuação e registro, objetivando apuração preliminar em torno da convocação de uma Assembleia Geral Unificada de toda categoria da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, no Colégio Tiradentes, na avenida Duque de Caxias, nº 452, Centro, Fortaleza-CE. Na ocasião, serão discutidas questões referentes ao reajuste salarial e possíveis consequências advindas, como greve.
Cópias da Portaria foram encaminhadas à Corregedoria-Geral do Ministério Público e ao Conselho Superior do Ministério Público, uma vez que o parágrafo 5º do artigo 176, da Constituição do Estado do Ceará, discorre que “Ao servidor militar são proibidas a sindicalização e a greve”. Para o representante do Ministério Público, um possível risco de greve de policiais militares e bombeiros militares desta Unidade Federativa, confrontará o comando do referido dispositivo.
Na Portaria, José Filho argumenta o legítimo interesse do Ministério Público em prevenir responsabilidades e assegurar a tranquilidade à coletividade com relação a ordem pública e social. Portanto, a iniciativa constitui uma das funções institucionais do Ministério Público, ao exercer o Controle Externo da Atividade Policial, conforme o artigo 129, inciso VII, da Constituição Federal.
A notícia diz respeito à publicação de convocação de todos os policiais militares e bombeiros militares do Estado do Ceará levada a efeito na internet pela Associação dos Profissionais de Segurança do Estado do Ceará e Associação dos Cabos e Soldados Militares do Estado do Ceará, em conjunto com a Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (ASSOF), além da Associação de Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (ASPRAMECE), e Associação das Esposas de Praças Militares da Polícia Militar e Bombeiros Militar do Estado do Ceará.

Fonte: Cearanews

BANDIDOS ASSALTAM 15 MIL REAIS DE CASA LOTÉRICA EM FORQUILHA

Imagem da fuga
    Na tarde de hoje (27), bandidos armados assaltaram a casa  lotérica na cidade de Forquilha, os bandidos agiram com bastante violência e conseguiram levar um valor aproximado de 15 mil reais, nesse momento a policia Militar fecha o cerco em todas as saídas e entradas das cidades vizinhas, no intuito de prender os indivíduos.
Fonte Blog Sinhá Saboia.

Marinha Mercante abre processo seletivo com 230 vagas, além de formação de oficiais

Os interessados devem se inscrever entre os dias 1º e 30 de junho. As oportunidades são para ambos os sexos
A Marinha Mercante está com 230 vagas para admissão às Escolas de Formação de Oficiais do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), no Rio de Janeiro, e do Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba), em Belém.


Para se candidatar os interessados devem ter ensino médio completo ou equivalente e idade entre 17 e 23 anos em 1º de fevereiro de 2017. As oportunidades são tanto para o sexo masculino como para o sexo feminino.



As inscrições devem ser feitas de 1º e 30 de junho pelo site. A taxa para participar é de R$ 55.



O exame de conhecimentos será realizado nos dias 3 e 4 de setembro, às 9h30.



Além disso, haverá seleção psicofísica de 24 de outubro a 18 de novembro; teste de suficiência física de 5 a 12 de dezembro; período de adaptação e verificação de documentos de 9 a 29 de janeiro de 2017. E matrícula e início do curso em 30 de janeiro de 2017.



Confira o edital no site do Diário Oficial da União (DOU) aqui

Pedra da Andorinha recebe visita do Grupo de Escoteiro Dragão do Mar.

     Na manhã da última quinta-feira (26), feriado de Corpus Christi, a Reserva de Refugio de Vida Silvestre Pedra da Andorinha (REVIS), existem 17 no País e esta é a primeira no Estado do Ceará, que está sobre a responsabilidade da AMMA (Autarquia Municipal do Meio Ambiente), que tem a frente o superintendente, José Wilson Angelim, recebeu a visita do 36º Grupo de Escoteiro Dragão do Mar de Sobral, que á cinco anos atua no município em um trabalho totalmente voluntário, sediado no ECOA (Escola de Cultura, Comunicação, Ofícios e Artes), e com a atividade de campos que buscam levar as crianças e adolescentes envolvidos educação ambiental e cidadã a visita teve o acompanhamento do gerente da reserva, Profº. Francisco Ávila Mendes, que conduziu o grupo por todo percurso apresentando a fauna e flora da Caatinga, a área conta com 600 hectares, além de se encontrar áreas rochosas que servem de abrigo para cerca de 11 á 14 tipos de andorinhas brasileiras que em sua maioria se abrigam na famosa Pedra da Andorinha.



Confira Reportagem:

Acidente é registrado no distrito de Taperuaba.

    Na noite desta quinta feira (26), um acidente foi registrado no triangulo, que liga Taperuaba ao Distrito de Aracatiaçu. Os dois jovens trafegavam sentido Aracatiaçu quando a moto derrapou na pista, o piloto e a passageira sofreram algumas escoriações e foram buscar atendimento no CSF de Aracatiaçu, após atendimento foram liberados. 
Com informações do Site Eudes Quinto com O Povo

GRAVE ACIDENTE DEIXA DUAS PESSOAS FERIDAS EM SOBRAL

   O acidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (26) na Avenida Senador Fernandes Távora, segundo informações preliminares, um ônibus que transportava funcionários da Grendene colidiu na traseira de duas carroças que estavam carregadas de sacas de carvão, com a força do impacto, os dois carroceiros ficaram gravemente feridos e foram socorridos por duas equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital Santa Casa. As vitimas não foram identificadas. 



Fonte Blog Sinhá Sabóia

Polícia identifica 4 acusados de estupro coletivo

A adolescente de 16 anos que teve imagens publicadas nas redes sociais depois de ser vítima de estupro coletivo disse ontem, em depoimento a policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), da Polícia Civil do Rio, que foi atacada por 33 homens armados de fuzis e pistolas. Ela contou que, no último sábado, fora visitar o namorado no morro do Barão, na Praça Seca, zona oeste carioca, e só lembra de ter acordado, no dia seguinte, “dopada e nua”, em uma casa desconhecida, cercada pelos agressores.
De acordo com o Jornal Nacional, da TV Globo, quatro homens já foram identificados e tiveram a prisão preventiva pedida: Marcelo Miranda, Michel Brasil, Lucas Santos e Raphael Belo. Dois deles publicaram as imagens na internet e outro aparece no vídeo divulgado nas redes sociais.
No depoimento à Polícia Civil, reproduzido no site da revista Veja, a vítima contou que, depois de acordar, vestiu roupas masculinas e pegou um táxi para casa, no bairro da Taquara, também na zona oeste. A jovem é mãe de um menino de 3 anos.
Ainda de acordo com o depoimento, ela soube, na terça-feira, que um vídeo com imagens suas depois do estupro havia sido divulgado nas redes sociais e em sites de relacionamento. Nesse mesmo dia, segundo as informações prestadas à polícia, ela voltou à favela e cobrou do chefe da quadrilha dos traficantes de drogas, não identificado, que devolvesse seu celular, possivelmente furtado no dia do estupro coletivo.
Segundo a jovem, o traficante disse não ter encontrado o celular, mas prometeu ressarcir-lhe o prejuízo. Disse também que se informaria sobre o estupro. A jovem identificou o namorado apenas como Petão, de 19 anos, que conheceu no colégio onde ambos estudam. A vítima disse que se relaciona com Petão há três anos. Ela afirmou que costumava usar ecstasy, lança-perfume e cheirinho da loló, mas que há um mês não se drogava.
No depoimento, a adolescente disse que está “profundamente abalada” e que, desde que foi estuprada, tem sentido muitas dores internas. Na manhã de ontem, ela foi submetida a exames no setor de ginecologia de uma maternidade da rede municipal de saúde. “Quando acordei, tinha 33 caras em cima de mim. Só quero ir para casa”, disse ela ao sair do hospital, em declaração reproduzida no site do jornal O Globo.
Antes do exame médico, ela prestou depoimento e foi periciada no Instituto Médico-Legal (IML). O pai, que a acompanhou na perícia, disse que, ao chegar em casa no domingo, encontrou a filha “gemendo de dor”.
Em entrevista à rádio CBN, a avó afirmou ter ficado chocada com o vídeo, em que um dos homens faz menção a mais de 30 estupradores e afirma: “Essa aqui, mais de 30, engravidou”. “O vídeo é chocante, eu assisti, ela está completamente desligada”, disse a avó.
Segundo ela, a neta tem o hábito de passar alguns dias sem dar notícias, mas que a família nunca soube que tenha sofrido abusos sexuais. A avó levantou a suspeita de que o estupro coletivo tenha sido “vingança” do namorado, que teria suspeitado de uma traição da garota. Os nomes da jovem e de seus parentes são mantidos em sigilo pela polícia.
Investigação
A publicação e o compartilhamento do vídeo da vítima depois do estupro causaram indignação entre internautas, que pediram que ninguém mais divulgasse o vídeo. As imagens mostram o órgão genital da jovem e a narração do responsável pela publicação: “Olha como tá (sic). Sangrando. Olha onde o trem passou. Onde o trem bala passou a marreta”.
Um dos responsáveis pela publicação no Twitter, identificado como Michel, escreveu: “Amassaram a mina, intendeu (sic) ou não intendeu (sic) kkkkk”. Foi publicada também uma fotografia de um dos homens diante do corpo da jovem deitado em uma cama.
O caso também é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), que recebeu uma denúncia anônima do estupro coletivo e da divulgação das imagens nas redes sociais. Segundo o MP-RJ, cerca de 800 comunicações do caso foram feitas à Ouvidoria. A promotoria pediu que agora sejam encaminhadas apenas denúncias que tenham informações novas sobre o caso.
Barbárie
A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB-RJ) classificou o caso como “barbárie”. “Os atos repulsivos demonstram, lamentavelmente, a cultura machista que ainda existe, em pleno século 21”, diz a entidade em nota. “Um estupro coletivo, com requintes de crueldade, no qual vários indivíduos perpetuaram a humilhação expondo, nas redes sociais, a dor da vítima”, afirma a entidade.
A OAB-RJ atenta ainda para o fato de que, para cada caso público de estupro, tantos outros permanecem ocultos, sem repercussão. “Precisamos lutar contra a violência em cada lar, em cada comunidade, em cada bairro. A revolta e a mobilização são claros indícios de que a indignação social se faz fortemente presente”, diz a nota.
Diante do ocorrido, a OAB-RJ afirma que frases machistas, piadas sexistas e propagandas que tornam a mulher um objeto sexual devem ser combatidas, “sob o risco de se tornarem potenciais incentivadoras de comportamentos perversos”. A entidade está oferecendo assistência jurídica à família e afirma esperar que a lei prevaleça na punição aos responsáveis. / COLABOROU IDIANA SILVEIRA TOMAZELLI

Fonte: Estadão 

Força de Segurança chega ao Ceará para atuar no controle de rebeliões

     A tropa da Força Nacional de Segurança chegou a Fortaleza no início da noite desta quinta-feira (26). Os homens saíram da cidade de Gama, no Distrito Federal, na terça-feira (24) em dois ônibus e 20 viaturas e devem permanecer no Ceará por um prazo de 15 dias prorrogáveis, segundo o Ministério da Justiça.  A vinda da Força Nacional de Segurança foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes atendendo a uma solicitação do governador Camilo Santana.

Os profissionais atuarão no sistema carcerário no apoio à recuperação das estruturas das unidades prisionais destruídas pelos detentos e no controle de rebeliões. Antes de começar a atuar, a tropa vai participar de uma série de reuniões com representantes do comando da 10ª Região Militar, do Governo do Estado, Ministério Público Estadual, Defensoria Pública do Cearáx e Ordem dos Advogados do Brasil, secção Ceará (OAB-CE).

Coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Cidadania e formada por profissionais das polícias militares, polícias civis, corpos de bombeiros e órgãos de perícia forense, a Força Nacional é um programa de cooperação de reforço à segurança pública em qualquer ponto do país, com apoio de efetivo dos 26 estados e do Distrito Federal. 

As rebeliões do Ceará ocorreram durante e após a greve dos agentes penitenciários. Segundo a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), a motivação dos conflitos foi a suspensão das visitas nas unidades prisionais. De acordo com a Polícia Militar, os detentos quebraram cadeiras, grades, armários e queimaram colchões em diversos presídios.

A Sejus confirmou a morte de 18 presos durante as rebeliões ocorridas nos presídios cearenses no fim de semana.  Já o juiz corregedor dos presídios César Belmino informou na segunda (23) que o número de mortes chega a 26. Oito corpos tiveram a identificação revelada e outros 10 serão submetidos a exames de DNA. (veja na tabela abaixo o nome dos presos já identificados).

Na madrugada desta quarta-feira (25), um grupo de presos fugiu de um presídio em obras na Grande Fortaleza com auxílio de escadas, cordas e andaimes, segundo agentes penitenciários. O caso ocorreu no Centro de Privação Provisória de Liberdade V (CPPL), no complexo prisional de Itaitinga. De acordo com um agente penitenciário que não quer se identificar, 500 presos foram transferidos dos CPPL I, II, II e IV, que tiveram celas destruídas após rebeliões ocorridas no sábado (21).

Conselho Nacional de Justiça

Nesta quarta-feira (25), o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, determinou a busca de informações junto ao Judiciário e ao Governo do Estado sobre a situação atual e os encaminhamentos feitos até o momento. O pedido foi direcionado ao Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Execução de Medidas Socioeducativas (DMF), conforme nota do Conselho.

O objetivo, segundo o CNJ, é organizar, "se for o caso", uma estratégia de ação mais abrangente. O conselho qualificou os atos registrados no estado no último fim de semana como "graves episódios".

MP investigará rebeliões e mortes

O procurador-geral de justiça, Plácido Rios, determinou na segunda-feira que o Ministério Público Estadual realize uma

Plácido Rios disse que esteve reunido com o governador do Ceará, Camilo Santana, e com o Secretário da Justiça, Hélio Leitão, para tratar de um plano de estabilização do sistema penitenciário. A primeira medida a ser adotada será a avaliação "criteriosa, porém ágil", dos pedidos de liberdade provisória que estão aguardando análise da Justiça.


Fonte: G1 Ceará

Pimentel recebeu R$ 20 milhões, diz delator

    O empresário Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, afirmou em delação premiada que o Grupo Caoa pagou R$ 20 milhões ao governador de Minas, Fernando Pimentel (PT). Os pagamentos, segundo Bené, ocorreram entre 2013 e 2014, ano em que o petista deixou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior para candidatar-se ao governo. Dos R$ 20 milhões, afirmou o delator, R$ 7 milhões foram repassados diretamente a Pimentel no exterior. O restante teria sido usado na campanha.
Bené está preso em Brasília desde 15 de abril e é apontado como “operador” de Pimentel. A ordem de prisão foi decretada pelo ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), relator da Operação Acrônimo na corte. O empresário teria falsificado provas para tentar “blindar” o governador.
Bené assinou acordo de delação com o Ministério Público Federal. São 20 anexos, cada um correspondendo a uma suposta irregularidade envolvendo não apenas Pimentel, mas outros políticos. Um anexo é denominado “Evento Caoa”.
Para os investigadores, o relato de Bené mostra que Pimentel teria transformado o ministério em “agência de negócios”. Segundo o delator, ele alterava portarias para atender pleitos de segmentos empresariais desde que fizessem doações para sua campanha e cobrava para ele próprio.
Bené e o petista já foram denunciados criminalmente, no início do mês, pela Procuradoria da República. A Pimentel, o Ministério Público atribui corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Na mesma acusação foram incluídos outros seis investigados, entre eles o ex-ministro Mauro Borges – sucessor de Pimentel – e o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dono da Caoa.
Nessa denúncia, a Procuradoria indica que Pimentel foi beneficiário de propina de R$ 2 milhões para favorecer a Caoa quando era ministro, de 2011 a 2014, no primeiro mandato da presidente afastada Dilma Rousseff. O caso, revelado pelo Estado em outubro de 2015, foi investigado na Acrônimo.
Parcelas
Em sua delação, Bené afirmou aos investigadores que os R$ 20 milhões foram divididos em duas partes, acertadas na época em que Pimentel ainda era ministro. Ele citou como envolvidos no esquema o dono da Caoa e o presidente do grupo, Antonio dos Santos Maciel.
Segundo o delator, os primeiros R$ 10 milhões foram transferidos quando o então ministro atendeu a um pedido do grupo Caoa e promoveu alteração no mix de modelos de veículos autorizados pelo Programa de Importação Inovar Auto. Na denúncia levada ao STJ, a Procuradoria sustenta que Pimentel editou portarias do Programa Inovar Auto, que concederam incentivos fiscais de R$ 600 milhões por ano ao Grupo Caoa.
Segundo os investigadores, os primeiros atos de Pimentel habilitavam a empresa no programa até 31 de março de 2013, permissão que foi estendida até 31 de maio de 2014.
Os outros R$ 10 milhões ao petista foram acertados e pagos, de acordo com Bené, por Pimentel ter garantido um benefício no pagamento de Imposto de Importação e de IPI do modelo IX 35, utilitário fabricado pela Hyundai.
O delator disse que, como encarregado da pré-campanha e da campanha de Pimentel ao governo, operou esses pagamentos e, dessa forma, sabe dos detalhes. Do total, R$ 7 milhões pagos no exterior, segundo Bené, porque a Caoa tem facilidade para fazer repasses fora do País, por atuar com importações. Outra parte do dinheiro, segundo ele, passou por uma empresa sua, a BRO.
Defesas
As defesas de Pimentel e do Grupo Caoa negaram as acusações de Bené. Por meio de sua assessoria de imprensa, o Grupo Caoa disse desconhecer o conteúdo da delação de Bené.
O advogado de Pimentel, Eugênio Pacelli, rechaçou as acusações. “A defesa de Fernando Pimentel esclarece que o governador não recebeu qualquer tipo de vantagem em qualquer tempo de quem quer que seja. Se existente, é falsa e absurda a acusação de pagamento no exterior”, afirmou.
“Basta um elemento para desacreditar a suposta acusação: é atribuição da Receita Federal do Brasil, vinculada ao Ministério da Fazenda, a redução ou não de alíquotas de impostos cobrados em âmbito federal. Pimentel, como se sabe, não era ministro da Fazenda”, disse Pacelli. “Quanto à modificação de modelos automobilísticos a serem importados, a decisão foi precedida de relatórios e pareceres técnicos e contou com parecer jurídico da Advocacia-Geral da União. Além disso, a definição do modelo de negócios, como se sabe, é decisão que cabe às empresas, não ao Poder Público.”
Segundo o advogado, a defesa do governador pedirá “abertura de inquérito para apurar os reiterados vazamentos de supostas informações cujo objetivo óbvio é antecipar a condenação pública dos investigados”.
O criminalista José Roberto Batochio, que defende a Caoa, reagiu enfaticamente às declarações de Bené. “Isso é um delírio, absolutamente não corresponde à verdade. Aliás, a própria conduta do cidadão delator já demonstra que isso não é verossímil. Primeiro, ele fala que recebeu R$ 2,2 milhões para fazer uma consultoria que ele diz que não existiu, que não era real, que foi fabricada de acordo com as notas fiscais que emitiu. Depois, passou a falar que eram R$ 10 milhões e não mais os R$ 2,2 milhões. Agora vem falar que eram R$ 20 milhões.”
Batochio ironizou o delator. “Precisamos perguntar para ele qual das três cifras ele vai escolher. A partir do momento em que definir qual o valor então poderemos fazer um abordagem mais direta para que explique sua versão.” Sobre os R$ 7 milhões que a Caoa teria pago a Pimentel no exterior, o advogado fez um desafio. “Já que o senhor delator sabe que foi pago no exterior, então tem que dizer de que conta saiu esse dinheiro e em qual conta entrou.”
“A Caoa desconhece a existência e eventual conteúdo de qualquer delação premiada que lhe faça qualquer menção, sendo curioso que tal informação, coberta por sigilo legal, venha parcialmente ao conhecimento público, sem possibilidade prévia da empresa saber e contrapor os seus termos”, diz nota da assessoria do grupo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Fonte: Ceará Agora

Estudantes criam aplicativo para indicar pontos de coletas de lixo em Fortaleza

Você sabe onde descartar corretamente pilhas, óleo de cozinha, bateria de celular, entre outros tipos de lixo em Fortaleza? Com o intuito de facilitar a vida dos moradores da capital cearense e ainda cuidar do meio ambiente, dois estudantes desenvolveram um aplicativo que indica os pontos de coleta adequados de resíduos sólidos e utensílios mais próximos.
O app DescarteINFO, criado por dois alunos do curso de Ciências Ambientais da Universidade Federal do Ceará (UFC), é resultado de uma iniciativa para a construção de uma cidade mais limpa e sustentável. Anderson Tavares Vieira, de 23 anos, e Cássia Liliane Alves, de 21 anos, tiveram a ideia em maio de 2015, quando observaram a existência de diversos pontos de coletas, mas com informações espalhadas e desatualizadas em diferentes sites.
“Resolvemos mapear esses pontos e disponibilizar em um só local”, conta Anderson, acrescentando que precisaram visitar e ligar para os pontos listados para validar as informações. Para dar forma à ideia, fecharam parcerias com o programador Felipe Araújo e com a estudante Ticiana Costa, que ajudou no processo de validação dos locais.
Passo a passo
O DescarteINFO mostra ao cidadão os pontos de entrega voluntária e os locais específicos para a reposição de materiais recicláveis. A ferramenta indica onde depositar corretamente materiais como celulares, cartuchos, eletrodomésticos, eletrônicos, embalagens de vidro, embalagens longa vida, entulhos e restos de poda, garrafas PET, lâmpadas, livros, medicamentos, metais, móveis velhos, óleo e gordura residuais, papel, papelão, pilha e bateria, plásticos, roupas, banner de lona, tampinhas de garrafas PET e cartão de plástico.
“Utilizando a localização GPS do usuário, o aplicativo fornece a posição dos locais de coleta de materiais mais próximos para descarte de forma ecológica e mostra a rota até o ponto de descarte”, explica Cássia. Para filtrar por categoria, basta clicar na aba “categorias” (que se localiza abaixo do nome DescarteINFO).
O aplicativo conta com mais de 160 pontos de coleta de resíduos sólidos e utensílios, informações referentes a endereço, telefone e horário de funcionamento dos locais, 21 categorias de diferentes resíduos e utensílios, além de rota para o local de descarte selecionado.
O aplicativo gratuito foi lançado na plataforma Androidem 22 de abril deste ano, e no iOS em 4 de maio. Ao todo, foram feitos mais de 170 downloads. “Ainda não tivemos nenhum retorno financeiro, mas estamos abertos a parceiros, já que o aplicativo possui custo anual e queremos melhorá-lo”, afirma Anderson.
O desejo é disponibilizar mais funções aos usuários, como dicas sobre o descarte correto e avaliação do ponto de coleta feita pelo usuário. “Além disso, pretendemos utilizar a experiência do DescarteINFO para gerar pesquisas e trabalhos acadêmicos”, conclui Cássia. Depois do app, ninguém tem desculpa de jogar lixos em locais irregulares. Basta fazer o download e exercer a sua parte.


Fonte: Tribuna do Ceará